Arquivo 19/05/2015--61

Redação
Publicado em 18/05/2015, às 21h00 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h30

FacebookTwitterWhatsApp

24 anos Edição especial de emancipação de Bertioga 61 O progresso chegou, a grande gleba foi lo - teada e outras famílias fixaram-se em São Lou- ro. Vor conta: a tudo muito difícil. Tudo era em Santos; se uma pessoa ficasse doente, tinha que ir de carroça, puxada por burro, pela praia até o canal de Bertioga, para ir para San - tos com a barca da Companhia Santense. O bairro era formado por pessoas que se consideravam da mesma família; elas queriam o progresso e o bem-estar da comunidade. Vor conta que seu padrinho Luiz Pereira de Campos montou a primeira escola da localidade. a na casa do tio João. Eu aprendi lá, meus irmãos e meus primos também. Todas as professoras que vinham dar aula na escola moravam na casa. Em 1947, foi construída a primeira escola em um prédio prio, tam- bém por iniciativa do padrinho de Vor. “Um dia, Humberto Luiz criticou meu padrinho. Ele falou: u - ele chamava meu padrinho de Lu - por que construir escola? Já tem uma escola em Bertioga, outra no Indaiá, para que tanta escola?’. E meu padrinho respondeu: O Procissão pelas ruas do bairro, realizada em 10 de agosto, quando se comemora o dia do padroeiro, na tradicional festa realizada pela família Pinto, há 128 anos Foto Dirceu Mathias

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!