Arquivo 19/05/2012--46

Redação
Publicado em 18/05/2012, às 21h00 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h55

FacebookTwitterWhatsApp

48 O déficit habitacional em Bertioga é de cerca de quatro mil moradias. No final de 2010, o Plano Local de Habitação de Inte - resse Social (PHLIS) apontou que 28,8 mil pessoas estão em situação de vulnerabilida - de social no município. São 8.751 domicí - lios com necessidades habitacionais. Desse total, 988 estão localizados em favelas. Segundo o PHLIS, Bertioga conta com 36 assentamentos precários, 18 fave- las, 10 parcelamentos em áreas públicas, quatro parcelamentos irregulares e, disper- sos dentro de loteamentos regulares, qua- tro loteamentos irregulares de baixa renda e 10 conjuntos habitacionais. Por outro lado, a potencialidade de ex- pansão urbana do município é da ordem de 1,6% do território, por conta das restri - ções ambientais. E, segundo o engenheiro Marcelo Godinho Lourenço, presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bertioga, a área destinada para expansão de moradias populares, no atual Plano Diretor de Desenvolvimento Habitação Falta de áreas habitáveis gera criação de favelas e de uma série de malefícios que acabam por corromper, ainda mais, o meio ambiente Ocupação no limite Foto Pedro Rezende/arquivo

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!