Arquivo 19/05/2009--44

Redação
Publicado em 18/05/2009, às 21h00 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h57

FacebookTwitterWhatsApp

Página 44 | Jornal Costa Norte - 19 de Maio de 2009 | Edição especial de emancipação: Bertioga 18 anos Respeito à Cultura Indígena “A força indígena vem da cultura, espiritualidade e da sua terra. Um povo que não tem cultura, não tem identidade. Um povo sem espiritualidade, não conhece a natureza. Um povo que não tem terra, morre”. Para respeitar, é preciso, antes de tudo, conhecer. E isso vale para nossa história, nos- sa terra, nossas riquezas naturais, nossas diversidades culturais. Um povo que não tem cultura, não tem identidade, afirma o líder indígena, Marcos Terena, presidente do Co- mitê Intertribal – Memória e Ciência Indígena, membro da Cátedra Indígena Itinerante e articulador dos direitos dos povos indígenas na ONU (Organização das Nações Unidas). A cultura indígena está intimamente ligada à origem de Bertioga, a antiga Buriquioca, que foi o primeiro povoado de apoio para a Colonização do Brasil no século XVI onde viviam, na época, os tupiniquins. Muito tempo se passou, mas a história, sempre latente, fez com que indígenas de todo o Brasil voltassem a pisar em solo bertioguense em uma confraternização com seus irmãos e representantes da etnia guarani, que vivem na Reserva Indígena Ribeirão Silveira, em Boracéia, divisa entre Bertioga e São Sebastião. Mas, mais do que isso, (Marcos Terena, presidente do Comitê Intertribal – Memória e Ciência Indígena) D I R EITOS

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!