Arquivo 19/05/2009--18

Redação
Publicado em 18/05/2009, às 21h00 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h57

FacebookTwitterWhatsApp

Página 20 | Jornal Costa Norte - 19 de Maio de 2009 | Edição especial de emancipação: Bertioga 18 anos A geração de emprego na cidade passa também pelos investi - mentos no potencial turístico do município principalmente do setor náutico e na retomada do ecoturismo como saídas para reativar a economia local e resolver o problema da sazonalidade. Como afir - ma o prefeito Mauro Orlandini, a cidade tem de ser viável o ano inteiro e não somente no verão. Por esse motivo, a Prefeitura está investindo em um calendário com atividades variadas que envolvem esportes náuticos, eventos culturais e gastronômicos, e também o turismo inclusivo. Exemplo foi o programa de canoagem realizado no último dia 16 com deficientes visuais. Segundo o secretário de Turismo, Comércio e Assuntos Náuticos, Luis Henrique Cepellini, o turismo inclusivo fará parte do calendário com a realização de atividades diversas para portadores de necessidades especiais. Os eventos tradicionais do calendário nas áreas gastronômi- ca e cultural estão sendo remodelados e são mantidos como as tradicionais Festa da Tainha, em julho, e do Camarão na Mo- ranga, em agosto. Eventos culturais também passam por transfor - mações como o Festival Nacional da Cultura Indígena realizado em novo formato este ano, explica Capellini. Sobre os eventos náuticos como o Campeonato Brasileiro de Jet Ski que poderá ter uma prova internacional no município, eles são importantes por atrair públicos diferenciados. O mesmo vale para eventos em várias modalidades esportivas e na retomada do ecoturismo que envolve parceria entre as secretarias do Meio Ambiente e Turismo explica Capellini. O trabalho no ecoturismo começou com a equipe da Direto- ria de Operações Ambientais que está iniciando o levantamen- to das trilhas ecológicas do município. Elas serão catalogadas pela equipe que vai pesquisar o suporte, condições e infraes- trutura, aparelhamento para seu uso e efetuar a fiscalização e monitoramento dessas trilhas, explica Bolívar Barbanti, dire- tor de Operações Ambientais. A operacionalização das trilhas ficará por conta da Secretaria de Turismo. Esse é um campo que atrai grupos de todas as faixas etárias, grupos de empre- sas, estudantes, amantes de caminhadas pois há trilhas com todos os graus, desde as mais fáceis até as mais complicadas para os que gostam de se aventurar, mas com total seguran- ça. O desenvolvimento do turismo ecológico aproveitando o grande potencial de Bertioga é uma das soluções econômicas para o futuro da cidade, afirma o secretário de Turismo. Turismo é outro grande fator de desenvolvimento

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!