a2701Geral10T03

Redação
Publicado em 25/01/2018, às 12h51 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h25

FacebookTwitterWhatsApp

Secretaria apresenta custo para implantação do polo da Univesp

Bertioga

Mayumi Kitamura

As estimativas de valores para a implantação do polo de apoio presencial da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), em Bertioga, cujo vestibular foi realizado no domingo, 21, foram apresentadas em audiência pública, na manhã de terça-feira, 23, pela Secretaria Municipal de Educação. Os valores, explicou Rossana Aguilera, responsável pela pasta, devem ser enviados à Câmara por meio de projeto de lei, para que seja criada dotação orçamentária para ensino superior.

A secretária explica a convocação para o encontro: “A audiência pública é necessária para que possamos comunicar ao cidadão como está sendo planejada a aplicação do dinheiro público. A Secretaria de Educação tem dotação orçamentária voltada para a educação infantil, ensino fundamental, educação especial e jovens e adultos, no entanto, não possui específica para o ensino superior”. Pelos cálculos estimados pela pasta, serão necessários R$ 670 mil nesse primeiro ano, que inclui despesas com pessoal (R$ 150 mil); manutenção da unidade (R$ 120 mil); equipamentos (R$ 200 mil); contratação de pessoa jurídica (R$ 50 mil); e mobiliário (R$ 150 mil). Este último gasto relaciona-se apenas ao primeiro ano, por isso, nos próximos, a dotação seria de R$ 520 mil.

Para a instalação do polo, que oferece 200 vagas na cidade para os cursos a distância de engenharia da computação; engenharia de produção; pedagogia; e tecnologia em gestão pública, a prefeitura tem que atender a determinados quesitos. A contrapartida da prefeitura é a disponibilização de uma sala de aula com capacidade para 50 alunos; um laboratório de informática - equipado com computadores de acordo com os requisitos estabelecidos pelo estado -; sala de estudos; laboratório de pedagogia; e um servidor municipal concursado, com competência técnica para coordenar as ações no local.

A previsão anterior era de instalação no Jardim Rafael, no entanto, foi escolhida outra alternativa, no antigo prédio do Senai (avenida Tomé Souza, 11833, no bairro Indaiá).

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!