2710Geral04T04

Redação
Publicado em 25/10/2018, às 08h28 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h44

FacebookTwitterWhatsApp

Primeira discussão

Na sessão ordinária de terça-feira, 23, os vereadores de Cubatão aprovaram, em primeira discussão, quatro projetos de lei. O primeiro, de autoria, do vereador Cléber do Cavaco (PRB), trata sobre a divulgação de informações sobre os conselhos municipais. Rafael Tucla (PT) propôs a criação do parque municipal linear da Beira-Mar, no Jardim Casqueiro. A propositura, de autoria do vereador Ivan Hildebrando (PSB), institui o Dia Municipal de Combate à Violência contra Mulher. Por último, o parlamentar Roxinho (MDB) apresentou o projeto Programa de Incentivo à Doação de Sangue, na rede municipal de ensino. Os projetos retornam à ordem do dia da próxima sessão para segunda discussão.

Mais informação

O projeto de lei, de autoria do vereador Cléber do Cavaco (PRB), que versa sobre a divulgação de informações sobre os conselhos municipais, tem o objetivo de possibilitar aos munícipes uma participação ativa na criação de políticas públicas.

Mais lazer

O projeto de Rafael Tucla (PT) visa a implantação do Parque Municipal Linear da Beira-Mar, no Jardim Casqueiro, que pretende ser um espaço para atividades de lazer, contemplação e educação ambiental. O parlamentar comentou sobre a necessidade de o bairro contar com um lugar que atraia a população. “Nós decidimos que o Casqueiro precisava voltar a ter um atrativo maior, que a população de lá, que há muitos anos, por causa do desequilíbrio social da nossa cidade e a falta de recurso, viu outros bairros recebendo investimento e mais de uma década sem um investimento pontual”.

Menos violência

O projeto elaborado pelo vereador Ivan Hildebrando (PSB) objetiva passar a integrar, no calendário oficial do município, o Dia Municipal de Combate à Violência contra a Mulher, a ser celebrado no dia 7 de março de cada ano. A iniciativa propõe debates com o objetivo de conscientizar a população sobre medidas para eliminar casos de agressões contra as mulheres, que, muitas vezes, acabam resultando em feminicídio.

Jovens solidários

Propositura de autoria do vereador Roxinho (MDB) versa sobre instituir no calendário municipal o Programa de Incentivo à Doação de Sangue para funcionários, docentes e jovens alunos entre 16 e 17 anos de idade, desde que sejam consentidos formalmente por seu responsável legal. O programa de incentivo será feito por meio de palestras e campanhas educativas que serão realizadas em a data a ser designada.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!