1910Geral06T02

Redação
Publicado em 18/10/2018, às 07h11 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h42

FacebookTwitterWhatsApp

Perda de benefícios

Os funcionários comissionados da Câmara de São Sebastião poderão terminar o ano chateados. A casa irá votar, na próxima terça-feira, 23, um projeto que irá retirar diversos benefícios, entre eles, os planos de saúde médicos e odontológicos. Na prática, a lei já existe para cargos efetivos desde dezembro do ano passado. Uma emenda prevê que a lei também se estenderá aos comissionados.

Eleições antecipadas

As eleições para a Mesa Diretora da Câmara de São Sebastião, inicialmente marcadas para o dia 20 de dezembro, serão disputadas no dia 3 de dezembro,. A mudança data foi proposta pelo próprio presidente Reinaldo Moreira (PSDB). Um projeto sobre a alteração da data foi aprovado e, agora, as eleições ocorrem ocorrer “no dia que antecede a primeira sessão ordinária do mês de dezembro”.

Fundo Soberano I

A Câmara de Ilhabela aprovou projeto da prefeitura que cria o Fundo Soberano Municipal. A ideia teve iniciativa do prefeito Márcio Tenório, que realizou no arquipélago o 1º Seminário Nacional sobre Aplicação responsável dos Royalties, no dia 10 de novembro de 2017.

Fundo Soberano II

A proposta atual ampliou o percentual de reserva no primeiro ano após a aprovação do Fundo Soberano, para 8% do total arrecadado com os royalties, enquanto o texto original mencionava 5% da participação especial. Essa mudança dobra a reserva para R$ 2 bilhões, em 10 anos.

Inaugurações

Ubatuba terá duas importantes inaugurações na próxima terça-feira, 23. Às 17h, o prefeito Délcio Sato inaugura o Procon Regional-Sul, no Espaço Cidadão, no bairro Maranduba. Antes, às 11h, o prefeito entregará, com a presença do secretário estadual da Saúde Marco Antônio Zago, a UBS Cícero Ribeiro Gomes, no centro.

Rede de trilhas

O governo federal cria hoje, 19, a Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade (Rede Trilhas), formada por quatro grandes corredores interligando paisagens naturais no país por onde milhões de pessoas poderão transitar. O documento que oficializa o início do projeto será assinado em São Paulo, durante uma feira de esportes. A expectativa é de que, em 20 anos, sejam construídas rotas ao longo de unidades de conservação e ecossistemas que, juntas, somarão 18 mil quilômetros. corredor Litorâneo.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!