1001Geral06T03

Redação
Publicado em 12/01/2018, às 09h38 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h18

FacebookTwitterWhatsApp

Artesão recebe prêmio do Ministério da Cultura

Arquivo pessoal

Jonatas de Campos Bueno tornou-se mestre em cultura popular

Caraguatatuba

Da redação

O artesão Jonatas de Campos Bueno, conhecido por Joca, 37 anos, de Caraguatatuba, foi um dos contemplados da 5ª edição do Prêmio Culturas Populares - Leandro Gomes de Barros - oferecido pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. Dos 200 selecionados, ele ficou na 35ª posição e recebeu R$ 10 mil, além de ser considerado mestre, por manter vivo o patrimônio da cultura popular do país.

Joca é professor de artesanato e, atualmente, dá aulas na ONG Casa Beija-Flor. Mas também já ensinou crianças e jovens atendidos pelo Conselho Tutelar e Fundação Casa, sobre a cultura caiçara. Seu ateliê funciona no bairro Caputera. O artesão usa matérias-primas tais como folhas de bananeira e de embaúba, fibras, taboa, e pândano para produzir chapéus, bolsas, acessórios e enfeites. “Trabalho com uma série de material e gosto muito de ensinar essa técnica”, disse. Artesão há 25 anos, ele ainda destaca o potencial turístico que esses produtos, que representam a cultura popular, têm para o município. Patrono da premiação - Leandro Gomes de Barros, paraibano, nascido em 1865, é considerado o rei dos poetas populares do seu tempo.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!