As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir do meio-dia de sexta-feira, 20, devido ao feriado de Natal. A estimativa é de que mais de 2,5 milhões de veículos deixem a Grande São Paulo com destino ao interior e litoral. O maior movimento na saída para o feriado deve ocorrer na próxima sexta-feira, 20, das 12h até as 21h e no sábado, 21, das 6h às 18h.

Na sexta-feira  tem início nas principais rodovias paulistas Operação Verão + Seguro 2019/2020.  Até fevereiro, quando a operação será encerrada, as concessionárias de rodovias intensificam o monitoramento das pistas, assim como a operação e os serviços de atendimento médico e mecânico para acompanhar o aumento do tráfego.

Participe dos nossos grupos ℹ  http://bit.ly/CNGUARUJA2  🕵‍ Informe-se, denuncie!

Nas rodovias estaduais concedidas que saem da Região Metropolitana de São Paulo com destino ao litoral eiInterior, o fluxo deve variar entre 2,5 milhões e 3 milhões de veículos nos períodos de pico - viagens de Natal e Ano Novo. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informou que irá monitorar toda a operação nos 8,4 mil quilômetros de malha concedida a partir do Centro de Controle de Informações (CCI), central instalada na sede da Agência Reguladora onde é possível verificar o funcionamento de câmeras, painéis de mensagens das rodovias, call box (telefones de emergência), sistemas de wi-fi dedicado, volume de tráfego, atendimentos aos usuários, entre outros equipamentos e instalações das rodovias concedidas.

Cuidados ao pegar a estrada

Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada.

Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa também devem ser checados. É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe.

 É essencial que o motorista descanse no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico. É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

Anchieta-Imigrantes. 

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), prevê que entre 330 mil e 515 mil veículos utilizem as rodovias que dão acesso ao Litoral Sul entre os dias 20 e 26 de dezembro. O movimento mais intenso na saída da Grande São Paulo deve ser verificado entre 8h e 12h de sábado, 21, quando está programada a implantação da Operação Descida (7x3). Nessa configuração, o motorista poderá descer a Serra pelas pistas sul e norte da Anchieta (SP-150) e pista sul da Imigrantes (SP-160). A subida será apenas pela pista norte da Imigrantes. 

No domingo, 22, está prevista a montagem da Operação Subida (2X8) entre 19h e 22h - os veículos sobem a serra pelas duas pistas da Imigrantes e pela pista norte da Anchieta, enquanto a descida é feita somente pela pista sul da Anchieta. E, para atender o volume de usuários que viajará para o Litoral Sul após o Natal, está prevista a implantação da Operação Descida (7x3) ao longo de toda a quinta-feira, 26. A subida será pela pista norte da Imigrantes.

Ayrton Senna

Para quem vai viajar para a região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Rio de Janeiro, a rodovia Ayrton Senna (SP-070) deve ter movimento intenso entre as 16h e 20h de sexta-feira, 20, e entre 7h e 13h de sábado, 21. Cerca de 350 mil veículos devem deixar a Região Metropolitana de São Paulo pela Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Para o retorno, a previsão é de tráfego intenso entre as 17h e 20h de quarta-feira, 25.

Tamoios

A previsão é de que tráfego comece a se intensificar a partir do início da tarde de sexta-feira, 20, na Rodovia dos Tamoios (SP-099). A concessionária prevê a implantação da Operação Descida, com a utilização de uma faixa adicional no trecho de serra (do km 68 ao km 81), a partir das 13h de sexta-feira. Segundo estimativa da concessionária, cerca de 240 mil veículos devem trafegar na rodovia até a quinta-feira, 26. As obras realizadas no trecho de Serra para a duplicação da pista serão interrompidas a partir de sexta-feira. O retorno está previsto para o dia 6 de janeiro. As obras cotidianas poderão acontecer, condicionadas ao fluxo de veículos.

Emergências

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 8,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.