177 mil veículos se dirigiram às cidades da Baixada Santista de sexta-feira, 18, até as 15 horas deste domingo, 20. As informações são da Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, de que fazem parte as mais movimentadas rodovias que levam ao litoral paulista.  No mesmo período, 118 mil veículos subiram a serra

O número de 177 mil veículos já superou a estimativa mínima  para o fim de semana de 150 mil veículos se dirigindo à Baixada Santista. A estimativa máxima é de 230 mil veículos.  As estimativas, também da Ecovias, têm por base o movimento registrado nos últimos fins de semana e a média estimada de veículos para os fins de semana normais de dezembro, o que desconsidera as semanas do Natal e Ano Novo.  

Participe dos nossos grupos ➤ https://bit.ly/COSTAINFO3 📲 Informe-se, denuncie!

A quantidade veículos que se dirigem para o litoral paulista aos finais de semana cresceu no mês de novembro em relação ao mês anterior, outubro. Somente nos finais de semana de novembro, 914,05 mil veículos se dirigiram à Baixada Santista. No mês anterior a quantidade foi de 767,5 veículos

Nos dois meses anteriores, porém, a região estava na fase verde do Plano São Paulo de recuperação, o que mudou no dia 02 de dezembro, quando a região foi rebaixada para a fase amarela

Em comunicado, a concessionária pediu que se possível, as pessoas fiquem em casa e, se saírem, que respeitem o distanciamento social. 

De acordo com o último boletim das prefeituras da Baixada Santista, deste sábado, 19, a região acumula 78.261 casos confirmados de covid-19 e 2.650 óbitos em decorrência da doença. O número de internações por covid-19 na região da Baixada Santista é de 362 pacientes.   

Como o controle da movimentação é uma prerrogativa municipal, cada cidade do litoral paulista adotou protocolos diferentes para lidar com a fase amarela. Para conter aglomerações e disseminação da covid-19, o Condesb, Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista, estuda isolar as praias no Natal e Ano Novo em ação conjunta. As prefeituras aguardam garantia de apoio do governo do estado com efetivo de fiscalização cuja definição deve ocorrer nesta semana.