Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
DEU RUIM

Neymar será julgado por corrupção 1 mês antes da Copa do Mundo. Pena pode ser de 2 anos de prisão

Segundo jornal espanhol El País, julgamento ocorre em 17 de outubro e tem relação com o contrato do jogador com sua antiga equipe, o Barcelona

27/07/2022 às 09:50.
Atualizado em 27/07/2022 às 10:19
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Julgamento acontece em 17 de outubro e Mundial do Catar tem início em 21 de novembro (Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF)

Julgamento acontece em 17 de outubro e Mundial do Catar tem início em 21 de novembro (Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Notícia preocupante para os torcedores da Seleção Brasileira em ano de Copa do Mundo. Segundo reportagem do jornal espanhol El País, publicada na terça-feira (26), o jogador Neymar, estrela da seleção canarinho e do PSG da França, será julgado por corrupção um mês antes do início do Mundial do Catar. Se condenado, Neymar pode ter uma pena de prisão de até dois anos. 

➥ 𝗦𝗶𝗴𝗮 𝗼 𝗖𝗼𝘀𝘁𝗮 𝗡𝗼𝗿𝘁𝗲 𝗲𝗺 𝘁𝗼𝗱𝗮𝘀 𝗮𝘀 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮𝘀: https://linktr.ee/costanorteoficial

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O julgamento está marcado para 17 de outubro, no Tribunal de Barcelona. A Copa do Mundo tem início em 21 de novembro. De acordo com a reportagem do El País, o imbróglio judicial acontece devido a um processo que a empresa brasileira DIS move há sete anos, no qual alega que foi enganada durante a contratação de Neymar pela equipe do Barcelona junto ao Santos FC, em 2013.

A empresa, que pertence ao Grupo Sonda, possuia 40% dos direitos federativos do jogador desde 2009, quando Neymar tinha apenas 17 anos. Segundo o El País, a DIS alega que foi vítima de um engano tramado pelo jogador, seus parentes e o Barça e pede indenização superior a 150 milhões de euros.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

A reportagem diz que em 2011, o jogador e seu pai, Neymar da Silva Santos, teriam assinado dois contratos simulados com o Barcelona, ignorando assim que os direitos do jogador pertenciam ao Santos e à DIS. Um dos contratos teria servido para amarrar a assinatura antes do atleta ser lançado no mercado, o que teria quebrado as regras da Fifa e alterado a livre concorrência no mercado de transferências, segundo a empresa. 

Leia os destaques jornalísticos do dia ➥ https://bit.ly/CNgooglenoticias

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Ministério Público da Espanha pede dois anos de prisão para Neymar e pagamento de multa de dez milhões de Euros. Já a DIS pleiteia cinco anos de prisão para o jogador e pede ainda que ele seja barrado dos gramados também por cinco anos.

São réus no processo também o pai e a mãe de Neymar e dois ex-presidentes do Barcelona, Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de trinta anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por