CLÁSSICO

Santos e São Paulo empatam na Vila com estrela de Marinho e frango de Tiago Volpi

Tricolor Paulista jogou bem, mas viu vitória escapar devido à falha de seu goleiro

Thiago MacedoPublicado em 12/09/2020 às 21:34Atualizado há 12/09/2020 às 21:37
O artilheiro Marinho saiu do banco de reservas para marcar o gol de empate do Santos (Divulgação)

O artilheiro Marinho saiu do banco de reservas para marcar o gol de empate do Santos (Divulgação)

Nada mais nada menos que cinco títulos mundiais estavam em campo no clássico entre Santos e São Paulo, na noite deste sábado, na Vila Belmiro. E a partida terminou empatada, com destaques para a estrela de Marinho e o frango do goleiro Tiago Volpi. 

O jogo teve um primeiro tempo de bom futebol com três gols e o São Paulo jogando melhor. O que se viu na primeira etapa foi um Tricolor organizado e incisivo. E logo aos 7 minutos abriu o placar com Gabriel Sara, que deu um bote na saída de bola do Santos e invadiu a área sozinho com o goleiro. Foi só escolher o canto e chutar.

Mesmo na frente do placar, o Tricolor continuou ofensivo e dando espaço para o Santos jogar. Mas as duas equipes, apesar de trocarem muitos passes, não conseguiam chances claras de gol. Até que, aos 29 minutos do primeiro tempo, Madson marcou para o Santos de cabeça, em cobrança de escanteio. 

Nove minutos depois, aos  38, o São Paulo voltou a ficar à frente do placar novamente com Gabriel Sara. O meio-campista recebeu passe açucarado de Igor Vinícius, dentro da área, e completou para a rede sem chance, para o ótimo goleiro João Paulo.

O Tricolor desceu para os vestiários em vantagem no placar. No segundo tempo, o jogo ficou mais devagar. Com as duas equipes criando pouco, mas a entrada de um jogador mudaria a história do jogo. O técnico Cuca sacou Carlos Sanchez e colocou em campo Marinho. O artilheiro do Santos na competição. 

E a mudança deu certo. Depois de quase 20 minutos de jogo parado devido a um apagão dos refletores, Marinho marcou em cobrança de falta. O atacante mandou uma bomba no meio do gol e o goleiro Tiago Volpi aceitou. Frango do arqueiro tricolor.

Após o empate, as duas equipes diminuíram o ritmo. Para tentar buscar novamente a vitória, o técnico Fernando Diniz colocou em campo Paulinho Boia e Brenner. O time ficou mais ofensivo e chegou a marcar com Luciano, mas o atacante estava impedido.

Após isso, o único lance de perigo foi um chute de fora da área de Paulinho Boia, que o goleiro santista espalmou para escanteio. E esse foi o desfecho do jogo. Santos 2, São Paulo 2.

Assuntos

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por