Jogando com a vantagem de dois gols construída em casa, o Grêmio adotou uma postura mais defensiva e segurou o 0 a 0 contra o Brasiliense, nesta quinta-feira. O resultado no Estádio Boca do Jacaré classifica o tricolor gaúcho para a próxima fase da Copa do Brasil de 2021.

Na partida de hoje, o zagueiro Walter Kannemann atinge a marca de 200 jogos vestindo e honrando o manto do Grêmio. Parabéns e obrigado por esta marca, Kannemann! 👏🏻💙🇦🇷

📸: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

🇪🇪 pic.twitter.com/DVmzI6RiXX

Loading

— Grêmio FBPA (@Gremio)

O próximo compromisso do Grêmio é neste domingo, pelo Brasileirão. A equipe de Tiago Nunes recebe o Athletico-PR na Arena do Grêmio, às 16 horas (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Brasiliense volta a campo pela Série D, quando visita o Porto Velho EC no Aluizão.

O jogo – Com Thiago Santos e Lucas Silva de titulares, o Grêmio apostou em uma formação mais defensiva para manter a vantagem conquistada em Porto Alegre. No primeiro tempo, o Brasiliense pouco agrediu os visitantes.

As melhores oportunidades vieram de chutes de fora da área, especialmente com Lucas Silva, já aos 37 minutos. Pelo lado do Grêmio, a bola rodou mais no pé da dupla de zagueiros, mostrando que a criatividade para criar jogadas não estava presente em nenhum dos lados.

Para a segunda etapa, os visitantes promoveram a entrada da dupla titular de ataque, com Diego Souza e Ferreira. Mesmo assim, o Brasiliense levou mais perigo nos primeiros minutos da volta, especialmente com Luquinhas, aos 11 minutos.

O lance mais curioso do jogo foi a expulsão de Zotti. O camisa 8 do Brasiliense recebeu o primeiro cartão amarelo aos 30 minutos e, cerca de 40 segundas depois, fez uma falta dura em Luiz Fernando, resultando no vermelho. O jogo seguiu sem mais emoções e acabou em empate que classifica os gaúchos.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 0 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Boca do Jacaré, em Brasília (DF)

Data: 10 de junho de 2021, quinta-feira

Horário: 15h30 (de Brasília)

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza

Cartão Amarelo: Peu, Lídio, Diogo, Vílson Taddei, Luquinhas, Zotti e Zé Eduardo (Brasiliense); Geromel (Grêmio)

Cartão Vermelho: Zotti (Brasiliense)

BRASILIENSE: Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu; Lídio (Tobinha), Sandy (Wagner Balotelli), Zotti e Peninha (Carlos Eduardo); Didira, Luquinhas (Didira) e Zé Eduardo (Victor Rangel)

Técnico: Vílson Taddei

GRÊMIO: Paulo Victor; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva (Maicon) e Jean Pyerre (Luiz Fernando); Jhonata Robert (Victor Bobsin), Ricardinho (Diego Souza) e Léo Chú (Ferreira)

Técnico: Tiago NunesGazeta Esportiva