A situação do Cruzeiro não é nada boa. Além de todos os problemas extracampo, o time não consegue se encontrar e vem sofrendo na disputa da Série B, estando perto da zona de rebaixamento. Artilheiro do clube em 2015, Leandro Damião lamentou o momento vivido pela Raposa em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

"É muito triste. No Inter teve esse mesmo problema, mas o Medeiros (presidente) e o Caetano (diretor de futebol) conseguiram reerguer o clube. Só que no Cruzeiro está acontecendo pior. Eu fico muito triste, porque é um clube muito grande, que eu guardo com muito carinho. Passei em 2015, fui o artilheiro do ano. Tem uma torcida gigantesca que apoia o time o tempo inteiro. E eu vejo que o torcedor está lutando junto para poder reerguer o Cruzeiro".

Hoje no Kawasaki Frontale, do Japão, Damião diz que ainda conversa com alguns amigos do clube mineiro. O atacante acredita que, de certa forma, as pessoas que estão na equipe hoje tentando trazer de volta a boa fase, acabam pagando o preço pelos erros cometidos pela administração anterior.

"É uma situação complicada. Muitas pessoas fizeram muitas coisas erradas por lá e os que estão tentando reerguer o time hoje acabam sofrendo as pressões que eram para essas pessoas que acabaram com o clube".

Fonte: Gazeta Esportiva