Realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), o Surf Trip apresenta o 1º Quiksilver Estadual de Clubes, que teve início na segunda-feira, 30, na praia de Camburi, em São Sebastião. O primeiro dia foi marcado por uma cerimônia das areias, equipes uniformizadas, execução do hino nacional e seis finais. Edgard Groggia, do Guarujá, defendendo a equipe de Santos, foi o grande campeão da principal categoria do campeonato, a Open.

Participe dos nossos grupos ➤ https://bit.ly/COSTAINFO3 📲 Informe-se, denuncie!

Groggia, segundo no ranking brasileiro de surfe 2020, teve uma apresentação de destaque, mesmo com o mar difícil e pequeno, o guarujaense conseguiu superar atletas fortes como o vicentino e líder do ranking brasileiro, Marcos Côrrea, que terminou em quarto lugar. Em segundo ficou o local de Camburi, Renan Peres (o Pulga), que defendia a Associação de Surf de São Sebastião e Thiago Camarão, integrante da equipe de Juquey, que vem acumulando importantes título virtuais de surfe e finalizou na terceira colocação.

“O campeonato da SPSurf está muito organizado, pena que as ondas não ajudaram. O mar está muito pequeno. A bateria foi muito forte. Tive que usar muita técnica e fazer a prancha andar. Mas, no fim, deu tudo certo. Estou muito feliz de sair como vencedor deste primeiro estadual da nova Federação", disse Groggia.

Na decisão Master, o título da etapa do 1º Quiksilver Estadual de Clubes ficou para o praia-grandense Anderson Robert, defendendo a sua cidade, saiu amarradão com o primeiro título da SPSurf.

“Consegui pegar umas valas boas. Os organizadores deste evento estão de parabéns". O segundo lugar ficou para Fábio Porto, que defendia a equipe de São Vicente. Em terceiro Gilmar Pulga, da equipe de São Sebastião e, em quarto, defendendo a associação Peruíbe de Surf, Daniel Monteiro.

Na categoria Kahuna, Edson Vieira, da equipe de Santos, foi o grande vencedor. Zé Paulo, presidente da SPSurf, e defendendo a equipe de Camburi, ficou com a segunda colocação. Da Associação Peruíbe de Surf, Sergio Guimarães, finalizou em terceiro lugar e, da equipe de São Sebastião, Douglas Lima, na quarta colocação.

Outra final bem disputada foi a Longboard, que contou com o campeão brasileiro da modalidade, Carlos Bahia, defendendo a equipe de Maresias, que finalizou em segundo lugar. O grande campeão foi Jefson Silva, da equipe de São Sebastião. Wenderson Bilud, da equipe de Camburi, terminou na terceira colocação e Danilo Mulinha, do Guarujá, mas defendendo a equipe da Federação, com a quarta posição.

Murilo Coura, defendendo a equipe de Maresias, soube aproveitar bem as ondas e venceu a Sub 14. Davi Jihad, da equipe Miwa, terminou em segundo lugar. Ryan Kainalo, uma grande promessa no surfe brasileiro terminou em terceiro lugar, mas foi o grande vencedor do Full Wax Air Show, levando para a casa um cheque R$ 1.000,00. Já João Artur, defendendo a equipe de Santos, ficou na quarta colocação.

O dia terminou com a categoria Sub 16, com Rodrigo Saldanha, defendendo São Sebastião, como o grande vencedor. Da Associação de Surf da Grande São Paulo, Lucca Casemiro, ficou com a segunda colocação. Caio Costa, equipe Maresias, em terceiro lugar. E, da equipe Camburi, Chandler Ribeiro, na quarta colocação.

Para o presidente da SPSurf, Zé Paulo, a primeira fase do campeonato alcançou suas expectativas. "Conseguimos trazer atletas de todas as associações. Um clima de harmonia e confraternização entre os atletas, familiares, amigos e amantes desta modalidade. Uma energia muito positiva. O verdadeiro clima Aloha", disse.

A programação continua com a realização das categorias SUP,  Feminina, SurfDog, Waveski e Surf Adaptado. O Surf Trip apresenta o 1° Quiksilver Estadual de Clubes e o 1º Quiksilver Estadual de Categorias de Base será transmitido ao vivo pelos sites Waves www.waves.com.br e SPSurf www.spsurf.com.br.

Protocolo de saúde

Segundo a organização, todos os cuidados para a não disseminação do coronavírus vem sendo tomados. Os protocolos de saúde determinado pelo governo do estado de São Paulo, como distanciamento social, aferição de temperatura de todo o staff e atletas, distribuição de máscaras e disponibilização de álcool em gel, estão sendo rigorosamente aplicados.

O 1° Quiksilver Estadual de Clubes e o 1º Quiksilver Estadual de Categorias de Base contam com o apoio da Surf Trip, Quiksilver, Roxy, Miwa Beach Club, Fu Wax, Sucos Sim e Let’s Poke. Realização da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf). Colaboração da prefeitura de São Sebastião e Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf, Cultura e Ambiente de Camburi (ASCAM), Protetor Solar Suntech, Loja 20 Pés, XBlanks, Travel Ace, Ibis Style Guarujá, Janjão Bordados, Delab Desing, Pousada das Praias, Tree Park, Hotel Camburi Praia, Hoste lRoyal,Taitiros Pizza e Sush, Casa da Praia, Pizzaria Porto da Praia. 

Resultados do Primeiro dia do 1º Quiksilver Estadual de Clubes

Open Masculino

1 - Edgar Groggia ASS

2 - Renan Peres ASSS

3 - Thiago Camarão ASJ

4 - Marcos Correa SPSURF

Master

Anderson Robert APGS

Fabio Porto ASVS

Gilmar Pulga ASSS

Daniel Monteiro APS

Kahuna

Edson Vieira ASS

Zé Paulo ASCAM

Sergio Guimarães APS

Douglas Lima ASSS

Longboard Masculino

Jefson Silva ASSS

Carlos Bahia ASM

Wenderson Biludo ASCAM

Danilo Mulinha SPSURF

Sub14 Masculino

Murilo Coura ASM

Davi Jihad MIWA

Ryan Kainalo SPSURF

João Artur ASS

Sub16 Masculino

Rodrigo Saldanha ASSS

Lucca Cassemiro ASGSP

Caio Costa ASM

Chandler Ribeiro ASCAM