Os profissionais da rede de ensino estadual de São Paulo contam agora com o curso de Libras EaD, no intuito de ampliar as possibilidades de comunicação e interação entre professores e alunos com deficiência auditiva.

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/COSTAINFORMA8 📲 Informe-se, denuncie!

A iniciativa, fruto da parceria entre as Secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Educação, por meio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (Efape), terá a duração de 40 horas, e iniciará no dia 27 de outubro e deve encerrar em15 de dezembro. A inscrição e participação no curso são feitas no site da Efape.

O conteúdo das aulas tem como objetivo capacitar os profissionais da rede de ensino estadual para melhor comunicação por meio da Libras, a fim de incluir as pessoas com deficiência auditiva que utilizam essa língua para se comunicar.

De acordo com a Base de Dados da Pessoa com Deficiência, no estado de São Paulo existem mais de 3 milhões de pessoas com deficiência. Desses, 14,49% são pessoas com deficiência auditiva.

Língua Brasileira de Sinais

A Libras não é uma linguagem, mas uma língua, já que dispõe de léxico (conjunto de palavras) e gramática (regras) próprios. Considerada língua oficial do Brasil desde 2002 e, de acordo com a lei que a oficializou, Libras possui o mesmo status que o português.