Entenda o verdadeiro impacto da Taxa Referencial sobre o financiamento imobiliário | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Entenda o verdadeiro impacto da Taxa Referencial sobre o financiamento imobiliário

De tudo um pouco

De tudo um pouco

Na coluna De tudo um pouco, você encontra de viagens e tecnologia até moda e saúde. Mantenha-se informado com matérias das mais diferentes temáticas, com qualidade e um jornalismo informativo e 100% voltado para você.

O financiamento de um imóvel envolve diversas questões: valor da propriedade, quantidade de parcelas e taxas. Dependendo da linha de crédito escolhida ou da instituição, esses fatores podem variar. A Taxa Referencial é uma parte importante desse processo. 


Popularmente conhecida como TR, ela é relevante no mercado financeiro, aparecendo nos financiamentos imobiliários e nos investimentos, como a poupança. Entretanto, nem todo mundo sabe como esta taxa funciona e qual o impacto dela. 

Taxa Referencial

A TR foi criada durante o Plano Collor II, na década de 90, com o objetivo de controlar a inflação. Quando o assunto é crédito imobiliário, essa taxa ajuda a corrigir os valores das prestações do financiamento ao longo do tempo. No entanto, ela também é utilizada para determinar o rendimento de investimentos de renda fixa.


Existem três variações da TR: diária, mensal e anual. O valor da Taxa Referencial diária é divulgado pelo Banco Central. Já o mensal refere-se à correção monetária do período de 30 dias. Enquanto isso, a TR anual está relacionada com o valor da taxa no período de 12 meses.

Financiamento imobiliário

Os financiamentos imobiliários costumam ser de longa duração, e muitas pessoas optam por pagar as parcelas durante 20 ou 30 anos. Como a economia é instável e passa por variações, é importante que existam ferramentas de correção dos valores anualmente.


Essa é função da Taxa Referencial no financiamento imobiliário: fazer uma correção monetária. Portanto, a linha de crédito costuma ter um percentual de juros e, junto a ele, a TR. Entretanto, vale destacar que, desde 2017, os reajustes da Taxa Referencial estão quase zerados.


Como o percentual da TR está baixo, há uma tendência de não valorizar a sua influência no valor do financiamento. No entanto, sua pequena porcentagem, mês após mês, acaba gerando um impacto significativo.


É possível que, após a quitação da última parcela, exista um saldo residual referente à atualização dos valores da TR. Isso pode ser uma surpresa negativa, pois é mais um valor a ser coberto, possuindo um prazo menor — de 60 dias.


Se a dívida não for quitada neste período, a instituição financeira estende o prazo para 48 horas. Entretanto, se mesmo com a extensão do vencimento, não houver pagamento, o banco pode tomar o imóvel. Ou seja, não adianta pagar todas as parcelas e ficar devendo a Taxa Referencial. 


Nesse sentido, é importante ficar atento, acompanhando os índices e as taxas que estão sendo pagas. Além de ajudar no planejamento financeiro, a ação previne surpresas desagradáveis.

Saldo devedor

O saldo devedor é o valor do financiamento. Portanto, ao pegar emprestado 400 mil reais do banco, esse é o seu saldo devedor inicial. Com o passar dos meses, essa quantia é corrigida, com base em diversas taxas.


Nem todas as pessoas prestam atenção nas correções que são feitas ao longo do financiamento. Isso pode gerar surpresas desagradáveis durante o pagamento ou até mesmo no final, quando o devedor acha que quitou a dívida, mas ainda há um valor pendente.


Ou seja, um valor X é financiado, mas o preço quitado ao final do processo é Y. O Índice Nacional de Custo de Construção (INCC), por exemplo, é uma taxa que corrige o total da parcela. Se há valorização da região ou do imóvel, o INCC serve para reajustar o preço da residência, afetando diretamente as parcelas mensais.


Além da TR, este é mais um exemplo de taxa que faz parte de um financiamento. Portanto, é importante estar atento às taxas e entender como os valores podem variar ao longo do tempo.


Prevenção contra imprevistos

Analisar o valor das taxas de um financiamento pode ser confuso, mas é fundamental para evitar surpresas desagradáveis. O valor a ser quitado no final do processo será maior que o montante inicialmente solicitado.


Uma forma de se prevenir e conseguir criar um planejamento financeiro consistente é por meio das simulações de como o valor irá se alterar com o passar dos anos. Dessa forma, é mais fácil se programar para o saldo final. 


Ademais, isso ajudará a ficar atento aos pagamentos das taxas, evitando um alto saldo residual refere a elas no final da quitação das parcelas.


Outro ponto importante durante as simulações é analisar diferentes formas de pagamento: alterando o valor de entrada e a quantidade de parcelas. Se a entrada for maior e o tempo de financiamento menor, é possível gastar menos com taxas e juros.

Comentarios

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Geral

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - 30 de julho a 6 de agosto

  • COROA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE ABRIL A 20 DE MAIO) Fase de revoluções onde você vira o jogo e busca respostas de uma maneira mais agressiva, é preciso ter cautela com as palavras para não ter problemas maiores. Cuidado para não confundir o seu relacionamento amoroso com suas questões profissionais. Bom momento para cuidar da sua saúde física e espiritual, buscando o equilíbrio para lidar com algumas questões particulares. Questões familiares são melhores resolvidas depois de uma conversa amiga.

  • CANDEIAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MAIO A 20 DE JUNHO) O momento não te favorece muito, porém tudo pode mudar dentro de um determinado tempo, basta você saber lidar com todas as situações e não se precipitar diante dos fatos. Cuide-se mais em questões profissionais, fuja do comodismo e arrisque um pouco mais, as questões que te rondam podem não estar favoráveis mas isso não quer dizer que você não tenha a capacidade para dar a volta por cima. Saiba lidar com todas as situações.

  • RODA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JUNHO A 21 DE JULHO) Fase de renovação, de entusiasmo e muita fé, você se depara com boas respostas porém os dias esclarecem os assuntos e você passa a se preocupar menos, tudo começa a fazer mais sentido enfim até mesmo há uma melhora nas questões de saúde. O momento é de bons pensamentos, bons sentimentos enfim aquela nuvem de preocupações familiares começa a se dissipar e os dias ficam melhores, mais oportunos.

  • SINO - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE AGOSTO A 22 DE SETEMBRO)  Momento de renovação, de fé e entusiasmo, você volta a agir diante das situações, consegue mudar o que for preciso e vai um pouco mais além daquilo que você precisa. As mudanças favorecem o seu astral, mas você precisa resolver certos assuntos pendentes, encarar de frente certas situações que acabaram te trazendo uma certa dor de cabeça. No amor tente entender a pessoa amada, muitas vezes voc~e age com grosseria sem necessidade.

  • MOEDAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE SETEMBRO A 22 DE OUTUBRO) Você tende a mudar a sua maneira de agir nas questões profissionais, está mais tranquilo(a) diante dos assuntos financeiros porém ainda enfrenta certas dificuldades em particular. Controle-se diante dos fatos, busque a paz acima de tudo, deixe o tempo agir e liberte-se do passado vivendo uma vida mais equilibrada no presente. No amor tudo tende a ficar bem dentro de alguns dias, os relacionamentos começam a acontecer de maneira positiva.

  • ADAGA - 30 de julho a 6 de agosto

    ( 23 DE OUTUBRO A 21 DE NOVEMBRO) Fase de fé e determinação, momento de luz e boas energias astrais, você busca novidades para os seus caminhos, está decidido(a) a inverter as situações e seguir uma nova jornada muito mais positiva. Garra e determinação não vão faltar neste momento de mudanças radicais e sentimentos fortes e intensos, será preciso fôlego para seguir com seus bons planos. No amor será preciso tomar cuidado com as palavras pois sem querer você pode ofender a pessoa amada.

  • FERRADURA - 30 de julho a 6 de agosto

    (22 DE DEZEMBRO A 20 DE JANEIRO) Dias de luz e alegrias, momento de boas realizações e novidades que mudam o seu astral, é hora de agir diante das questões, favorecer a sua vida de maneira positiva. Concentre-se mais em seus objetivos, busque a paz espiritual para os seus caminhos, não se deixe levar pelos imprevistos que rondam a sua vida. Esqueça o passado e viva o presente, corra atrás dos seus objetivos com mais intensidade e muita fé.

  • TAÇA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JANEIRO A 29 DE FEVEREIRO) Será preciso muito equilíbrio e muita compreensão de sua parte para virar o jogo diante das questões, não se deixe levar pelos fatos, faça o que for preciso para vencer seus obstáculos, deixe pra lá tudo aquilo que só atrapalha os seus caminhos, vá viver as suas oportunidades de maneira positiva sem se deixar levar pelos acontecimentos. Mudanças em sua maneira de pensar e de agir, reviravoltas favoráveis que trazem a ti uma alegria a mais para continuar, para criar uma nova história.

  • CAPELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE FEVEREIRO A 20 DE MARÇO) Você decide seguir com mais fé e entusiasmo, porém ainda enfrenta certas situações de maneira firme e decidida, sabe que está enfrentando grandes batalhas porém ainda mantém o foco dos seus objetivos. Mudanças costumam acontecer em seus caminhos para que você aprenda a se desapegar de situações nada favoráveis. Tente manter o foco dos seus objetivos e se liberte de tudo aquilo que de uma certa maneira te perturba.

  • PUNHAL - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL)  Momento de reorganizar seus planos buscando o equilíbrio diante de todos os assuntos.No amor tente ser compreensivo(a) para não resultar num término desnecessário. Tudo tem o tempo certo para acontecer portanto não insista em algo que ainda está longe de te dar uma resposta positiva, você pode estar perdendo tempo e outras boas oportunidades que com certeza te trarão melhores respostas profissionais e financeiras.

  • ESTRELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (22 DE JULHO A 22 DE AGOSTO)  Fase de amor e fé, momento de boas realizações e de novidades que esclarecem os seus ideais, é hora de seguir em frente, aceitar os fatos e virar o jogo com mais entusiasmo e alegria, embora ainda existam certas questões a serem resolvidas você segue a sua intuição e as respostas surgem de maneira satisfatória em seus caminhos. Na busca de dias melhores tudo começa a acontecer de maneira positiva, você se liberta dos seus medos e encara uma nova jornada.

  • MACHADO - 30 de julho a 6 de agosto

     ( 22 DE NOVEMBRO A 21 DE DEZEMBRO) Boas vibrações, maravilhosas respostas, momento de luz e alegrias, fase de paz, de união e reviravoltas favoráveis em seus caminhos. Mudanças necessárias e oportunas surgem e você se depara com situações agradáveis que incentivam os seus bons projetos. Cuide-se bem sempre e não se deixe levar pelos imprevistos ao seu redor, continue focado(a) em seus objetivos pois você já sentiu que tudo tende a dar certo. No amor novas respostas surgem porém seu foco é outro nos dias de hoje.