Nem sempre as pessoas se sentem satisfeitas com seus bancos e corretoras de investimentos, não é mesmo? E, diferente do que muitos pensam, as pessoas não estão mais reféns dessas organizações, sendo possível fazer mudanças como é o caso da portabilidade bradesco, BB, caixa, entre muitos outros.

Pensando nisso, reunimos algumas informações importantes para você. Confira!

O que é portabilidade de investimentos?

A portabilidade de investimentos é uma opção que permite que você transfira seus recursos de um banco ou corretora para outra sem precisar pagar resgate ou ter custos.

A portabilidade é grátis, não paga impostos e é uma boa alternativa para insatisfações com bancos ou corretoras. Com ela, o investidor não perde o benefício fiscal, não paga imposto de renda e nem precisa comprar tudo de novo em um novo local.

Essa operação é conhecida também como transferência de custódia e pode ser feito tanto para a renda fixa quanto para variável.

Sendo assim, essa operação se trata de uma transmissão da sua carteira de investimentos de um determinado banco ou corretora para outra instituição financeira.

Ao concluir a transferência, os ativos e produtos financeiros são facilmente visualizados na plataforma da nova instituição.

Essa ação possibilita que o consumidor tenha maior liberdade na escolha dos seus prestadores de serviços e, embora não seja tão simples, ela funciona de modos semelhantes a portabilidades de telefonia celular, por exemplo.

O que pode ser transferido?

A portabilidade de investimentos pode ser feita para quase todos os ativos de renda fixa e variável.

Seja os negociados livremente no mercado ou sob custódia da bolsa, como ações, fundos imobiliários e títulos do Tesouro Direto até os títulos privados de renda fixa, como os CDB, LCI, LCA, CRI e CRA. Cada título pode contar com um processo e burocracias diferenciadas.

Existem, porém, alguns ativos em que não são passíveis de portabilidade. Os fundos de investimento, por exemplo, só podem ser transferidos entre instituições que distribuem o mesmo produto e fundos exclusivos de uma instituição não podem ser trocados.

 

Como fazer a portabilidade?

A portabilidade de investimentos é um processo feito pela instituição que está perdendo o cliente. Por ser um processo que envolve burocracias, muitas instituições não informam os clientes sobre essa possibilidade.

Não existem regras padronizadas sobre a transferência de custódia, mas geralmente, é preciso seguir os seguintes passos:

Abra uma nova conta

Após escolher para onde irão seus investimentos, é preciso abrir uma conta para enviar os seus ativos. Esse é o primeiro passo para a portabilidade dos investimentos.

Preencha o documento da transferência

Com a conta criada em seu futuro banco ou corretora, entre em contato com a instituição financeira em que estão os seus ativos, levante os documentos necessários e preencha o que for pedido.

Em alguns casos, as corretoras pedem o reconhecimento de firma dos documentos, portanto, é preciso ter atenção a essas questões burocráticas.

Além disso, em algumas instituições é possível fazer o processo eletrônico e autenticar dessa forma. Vale a pena verificar essa opção.

Envie os documentos

Com a documentação preenchida e reconhecida, é preciso formalizar o envio dos documentos. Eles podem ser entregues por e-mail ou correios. Após esse processo, a mudança fica sob responsabilidade da instituição e, em alguns dias, a custódia do investimento estará em seu novolocal.

A portabilidade de investimentos deixa o indivíduo livre para escolher sua instituição financeira que considera melhor para deixar e manter os seus investimentos.

Ainda não existem dados consolidados sobre esse tipo de ação, mas ela tem se tornado ferramenta comum e importante para aqueles que estão insatisfeitos com atendimento, taxas e burocracias da instituição atual.

 

Essa ação estimula a concorrência entre as instituições e visa favorecer o melhor serviço ao cliente, afinal, nenhum banco ou corretora quer perder seus clientes para outros, não é mesmo?

É importante que o cliente entenda e conheça opções, afinal, nunca é tarde para mudar instituições das quais o consumidor está descontente. Tomar boas decisões sobre investimentos é essencial para sua vida financeira!

 

Você já conhecia essa ação? Aproveite que agora mais sobre ela e amplie suas possibilidades de investimentos!