Um trabalhador autônomo de Ubatuba, no Litoral Norte de SP, se viu envolvido em uma estranha situação na tarde desta terça-feira (8) ao abrir uma conta corrente em um banco da cidade. O autônomo de 49 anos descobriu que, há quase cinco anos, é dono de uma empresa de cosméticos em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo.

Desconfiado, o homem procurou um contador que confirmou a propriedade. A empresa foi aberta em janeiro de 2017 e o CNPJ está vinculado ao CPF do autônomo. O contador também constatou que a empresa em nome do autônomo tem dívidas junto a outras empresas, pendentes em seu nome.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp http://bit.ly/Costanorteinforma3 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

O autônomo é proprietário de um estabelecimento de recuperação de sucatas de alumínio em Ubatuba. Estranhamente, descobriu o contador, a empresa fraudulenta foi aberta exatamente no mesmo dia em que o autônomo abriu o CNPJ de seu estabelecimento em Ubatuba.

Nesta quinta-feira (10), o autônomo procurou a Delegacia de Polícia de Ubatuba e apresentou os papéis de seu ferro velho, inclusive o comprovante de inscrição na Receita Federal. O homem afirmou que desconhece a atividade da outra empresa. O caso foi registrado como falsidade ideológica. A polícia investiga.