Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
VENTO DA TRISTEZA SOPRA NO LITORAL

Mulher faz homenagem arrebatadora à filha, ao perdê-la apenas 2 minutos após parto, em Santos (SP)

Criança não resistiu a parto prematuro e morreu instantes após nascimento em maternidade de Santos. “Não tem dor pior pra uma mãe do que perder seu filho”, disse jovem mãe. Cerca de duas semanas antes, ela havia feito declaração de amor à filha esperada

Da redação
25/01/2022 às 10:29.
Atualizado em 25/01/2022 às 15:40
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Jovem grávida de cerca de 4 meses, 17 dias antes do parto (Imagem: Reprodução / Acervo Pessoal)

Jovem grávida de cerca de 4 meses, 17 dias antes do parto (Imagem: Reprodução / Acervo Pessoal)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Uma jovem de 18 anos fez um depoimento emocionante após perder sua filha apenas dois minutos após um parto prematuro, na semana passada, em Santos, no litoral de São Paulo. A mulher afirma que, na manhã da última quinta (20), entrou em trabalho de parto aos cinco meses de gestação, por motivos ainda não revelados, em uma maternidade em Santos.  

Pouco mais de duas semanas antes, no início do ano, a jovem, então grávida de cerca de quatro meses, havia feito uma declaração de amor à Alice, a filha esperada por ela. “Mamãe tá muito ansiosa pra te ter aqui comigo mais pertinho”.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Faça parte do nosso grupo no WhatsApphttp://bit.ly/CNlitoralconectado2

E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Continua após a publicidade

No entanto, nascida extremamente prematura, Alice sobreviveu por dois minutos e faleceu. “Perdi a minha maior alegria, minha menina é agora minha anjinha”, lamentou a jovem mãe no final da tarde do mesmo dia do parto, em seu perfil pessoal nas redes sociais, com o qual centenas de pessoas interagiram enviando mensagens de apoio à jovem.

“Esses cinco meses [de gestação] que passei ao seu lado foram os melhores meses da minha vida, por mais difícil que tenha sido, eu nunca vou me arrepender disso. Não sei se foi bom ou ruim. Bom por ter te pego no colo tão cedo ou ruim de ter te visto ali nos meus braços sem vida”, confessa a jovem mãe, se dirigindo à filha nascida e morta horas antes.

No depoimento, a jovem agradece à equipe da maternidade do Hospital Ana Costa, “Queria agradecer por toda atenção, toda educação, e toda força que me deram durante esses dias”, e expressa desconcerto existencial pela perda.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Jovem com a criança, que não resistiu após parto extremamente prematuro (Imagem: Reprodução / Acervo pessoal / @Facebook)

“Só consigo me perguntar por que comigo? Por que essa foi a escolha de Deus? Por que ela e não eu? Porém, Deus tem suas escolhas e por mais que me machuque, eu, infelizmente, tenho que tentar aceitar”, reflete.

Ela finaliza o depoimento com outra declaração de amor à filha, tal como semanas antes quando ainda esperava a criança. “Eu nunca vou deixar de ser sua mãe, nunca tive um amor tão grande. Quando eu soube que você estava ali comigo, dentro de mim, eu só prometia e jurava que iria ser a melhor mãe do mundo pra ti, e me sinto culpada por não poder ter feito nada para te ter aqui comigo. Eu sinto tanto a sua falta, só de lembrar do seu rosto, em ter pego na sua mãozinha, sem ao menos você sentir. Não tem dor pior pra uma mãe do que perder seu filho(a)”, conclui a jovem.

No dia 3 de janeiro, 17 dias antes da perda, a jovem comemorou o Ano-Novo expressando esperança pelo nascimento da filha. “O ano é 2022. Ano em que a minha princesa vem ao mundo, ano em que eu poderei sentir esse amor tão puro, sentir ela em meus braços. Não vejo a hora de ver esse rostinho que, se Deus quiser, vai ser igualzinha a mamãe. Você foi e sempre será a maior alegria da minha vida. Mamãe tá muito ansiosa pra te ter aqui comigo mais pertinho. Eu te amo além da compreensão mesmo antes de você nascer”, disse à época.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Mãe da jovem, avó da criança em interação com declaração de amor da jovem mãe, à filha, em 3 de janeiro, aos quatro meses de gestação (Imagem: Reprodução / @Facebook)

Na mesma ocasião, familiares também se disseram ansiosos, em interações com a publicação da jovem então gestante. “Meu amor já é imenso. É uma tortura ficar esperando pra conhecer minha princesa”, revelou o pai da criança e marido da jovem.

“Vovó também tá muito ansiosa, mas acho que ela vai ser minha cara”, brincou a mãe da jovem, que completou. “Alice tá chegando”.

A família não divulgou informações sobre o local de sepultamento da criança. O Portal Costa Norte não conseguiu contatar a jovem.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 Você bem informado em 5 minutos! Clique aqui e assine GRÁTIS a Newsletter do Costa Nortehttps://bit.ly/newslettercostanorte & leia sua dose diária de informação direto no e-mail

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de vinte e oito anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por