ENGENHO DE AÇUCAR EM 3D

Engenho dos Erasmos, em Santos, ganha versão virtual e filme em 3D

Filme foi produzido pela Release Eletrônico, produtora que venceu edital do Proac, recebeu financiamento e reuniu equipe de grandes talentos

Da redaçãoPublicado em 15/09/2021 às 15:56Atualizado há 15/09/2021 às 15:58
Filme é uma viagem no tempo e mostra interior do engenho mais industrializado do país (Divulgação)

Filme é uma viagem no tempo e mostra interior do engenho mais industrializado do país (Divulgação)

Uma viagem no tempo e uma experiência rara de conhecer por dentro um engenho de açúcar do século XVI em pleno funcionamento. É o que irá proporcionar ao público o filme Reconstrução Virtual do Engenho São Jorge dos Erasmos, realizado pela produtora santista Release Eletrônico.

O filme convida a uma imersão em vídeo e áudio em 360º, com uso de tecnologia de realidade virtual. A produção é vencedora de um edital do Proac (Programa de Ação Cultural), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e ficará à disposição na internet.

Com moderna tecnologia, o passado histórico de Santos é contado em uma linguagem leve e dinâmica, que vai agradar a adultos e crianças. Este engenho pode ser considerado como uma das primeiras indústrias do estado e hoje é o mais industrializado do país.

O engenho é um patrimônio administrado pelo Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos ( PRCEU – USP) e, para  a realização do projeto, a produção estabeleceu uma rica parceria.

A professora Dra. Vera Lucia Amaral Ferlini, coordenadora da pesquisa e o pesquisador, Dr. Luís Otávio Pagano Tasso, foram grandes facilitadores do projeto.  

Inovação e desenvolvimento do mercado

O edital do Proac estabelecia premiar projetos que estimulassem o aprimoramento técnico do produtor e o desenvolvimento do mercado. Esta condição motivou o produtor executivo e diretor da Release Eletrônico, Silvio Reis Jr., a entrar na competição.

“O edital é de 2019, justamente num período em que eu estava iniciando o trabalho com a técnica de imersão em 360º. Eu sempre me identifiquei com o Engenho São Jorge dos Erasmos e vi no Proac uma forma de mostrar aos santistas, que a cidade já produziu açúcar, produto cujo nosso porto é líder mundial em exportação. Assim surgiu a ideia do filme”, conta o produtor executivo.

A direção ficou a cargo de Gilberto Caserta, um dos expoentes da equipe reunida por Silvio Reis Jr. Caserta participou da finalização do longa metragem “O Menino e o Mundo”, como finalista ao Oscar de 2016.

Conforme o diretor, o vídeo com imersão 360 graus possibilita viajar no tempo e colocar as pessoas dentro do cenário, com o engenho funcionando. "Com o apoio de professores da Universidade de São Paulo pudemos suprir a dificuldade em encontrar material histórico de referência visual e dos processos envolvidos na produção do açúcar naquele período".

"partir desses dados, partiu-se para a modelagem da estrutura arquitetônica do ambiente, equipamentos utilizados em cada etapa e dos escravizados negros e índios que lá deixaram seu suor e vidas”, disse Caserta.

Além do cenário, a interação em 3D foi detalhadamente planejada. “Decidimos criar a interação fazendo uso de um personagem cativante, o Táquion, que nos leva nessa jornada. Partimos do desenho conceitual, criamos a versão tridimensional, movimentação da cauda, olhos e boca, testes e escolha da voz, com o sincronismo dos movimentos. Com uma equipe engajada ao longo de mais de 9 mil imagens em alta resolução, que necessitavam de aproximadamente uma semana para serem geradas a cada teste”, explicou Caserta.

Segundo o diretor, todo o processo gerou conhecimento e metodologia que podem ser utilizados em outras produções com a mesma finalidade histórica. Morador em Sorocaba, interior de São Paulo, ele identifica em uma fábrica local, do tempo do Império, a possibilidade de aplicação semelhante. “Este projeto motiva nossa participação em outras experiências de interação virtual que podem ser exploradas em ambientes educacionais, culturais e de entretenimento”.

Nesta produção, além de um primoroso tratamento de imagem, o áudio foi cuidadosamente criado para ajudar a conduzir o espectador para dentro da trama. O premiado engenheiro de som, Flávio Medeiros, pesquisou referências na meca do cinema, Hollywood, para aplicar a tecnologia ambisonic. O resultado pode ser relatado, mas, obrigatoriamente, precisa ser assistido. O roteiro é de Luiz Claudio Lopes, de inúmeros trabalhos no mercado publicitário e em televisão.

Com tanta experiência dedicada, aliada a um rigoroso trabalho de pesquisa, o filme Reconstrução Virtual do Engenho São Jorge dos Erasmos é a reprodução mais fiel possível de um cenário histórico a ser visitado. “É um competente registro de uma fase da cultura brasileira que fica como um genuíno legado para as futuras gerações”, disse Silvio.

O filme estará disponível e poderá ser acessado gratuitamente no Youtube, em https://youtu.be/hZ3miqsBuNo e no hotsite especialmente criado www.história360.com.br. Além do filme, há detalhes da produção, curiosidades e imagens 360°.

Assuntos

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por