A Seduc de Santos (Secretaria de Educação) informa que o óbito de uma criança, de três anos, mencionado no boletim coronavírus da prefeitura de Santos, desta quarta-feira (9), foi de uma aluna da UME Leonor Mendes de Barros. Infelizmente a criança, que tinha comorbidades, e estava internada em um hospital privado, não resistiu à doença e morreu na madrugada de ontem.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/Costanorteinforma4 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Os pais da menina tiveram a doença e a estudante compareceu presencialmente à escola, pela última vez, no dia 12 de maio, pelo fato de que seus pais já estavam com a covid-19, e ela ser, à época, considerada contactante. De acordo com a notificação do caso da bebê à Secretaria Municipal de Saúde, o laudo com o resultado positivo para covid saiu no dia 23 de maio, dois dias após a criança fazer o teste.

A Seduc informa, ainda, que os contactantes (indivíduos que tiveram contato próximo e por um período superior a 15 minutos) dos casos (confirmados e suspeitos), em cada uma das unidades de ensino, ficam afastados por medida de precaução, sendo que, passado o período de afastamento (10 dias) e não apresentando sintomas, retornam às atividades, conforme orientação da portaria conjunta 01 (Seduc e SMS), de 22 de janeiro de 2021. A prefeitura também destaca que todas as escolas municipais seguem os protocolos sanitários de segurança e receberam itens de proteção individual e materiais de higienização.

Importante

Vale salientar, que os pais não devem levar as crianças para a escola, presencialmente, caso elas tenham tido contato com algum parente com suspeita da doença e se apresentarem sintomas da covid-19, devendo permanecer em casa e a unidade escolar deve ser avisada do ocorrido com o aluno.