PRAIA GRANDE

Idosa perde R$ 5 mil em caixa eletrônico; saiba como evitar três tipos de golpe

Após bloqueio de cartão em caixa eletrônico de Praia Grande, mulher aceitou ajuda de um estranho. Homem conseguiu transferir R$ 5 mil para outra conta

Da redaçãoPublicado em 13/10/2021 às 16:23Atualizado há 13/10/2021 às 17:37
Idosa aceitou ajuda de estranho após ter cartão bloqueado. Golpista retirou R$ 5 mil da conta da vítima (Ilustração/Freepik)

Idosa aceitou ajuda de estranho após ter cartão bloqueado. Golpista retirou R$ 5 mil da conta da vítima (Ilustração/Freepik)

Uma idosa de 65 anos, moradora de Praia Grande, no litoral paulista, foi mais uma vítima de golpe em caixa eletrônico. A mulher teve um prejuízo de R$ 5.000,00 no último dia 8. O estelionato ocorreu após ela pedir ajuda a um homem, no caixa ao lado, assim que seu cartão foi bloqueado.

O golpe ocorreu em uma agência no bairro Boqueirão e, segundo a vítima, a ação foi muito rápida. Após não conseguir realizar a operação bancária, seu cartão foi bloqueado. Foi, então, que um rapaz aproximou-se dela e ofereceu ajuda. O homem, que tinha 1,90 metro de altura e ‘boa aparência’, simulou auxílio para realizar o desbloqueio.

Após o procedimento, minutos depois, a idosa percebeu um débito de R$ 5.000,00 em sua conta. O rapaz havia feito uma transferência bancária para a conta corrente de uma mulher.

A idosa alega à Polícia que não autorizou a operação bancária e, agora, tenta reaver o dinheiro junto à instituição bancária. O crime segue em investigação.

Saiba quais são os três tipos de golpe mais comuns

Embora atualmente muitos crimes bancários sejam feitos via internet, tanto por boletos quanto sites falsos, três tipos de golpe ainda são frequentes em caixas eletrônicos. O Portal Costa Norte informa quais são eles e como evitá-los.

Golpe do cartão preso na máquina

​Como funciona: O golpista instala um anteparo no terminal de autoatendimento e orienta o cliente a ligar para uma falsa central de atendimento, sob pretexto de resolver seu problema. Desta forma, obtém os dados do cliente, inclusive a sua senha.

Como prevenir: Caso o cartão fique preso na máquina do autoatendimento, informe um funcionário da agência. Jamais peça a ajuda de um estranho. Caso a agência esteja fechada, entre em contato com a central de atendimento e solicite um bloqueio temporário ou o cancelamento com reemissão.

Golpe da tela aberta

​Como funciona: O golpista oferece ajuda no autoatendimento, muitas vezes se passando por empregado e com o cartão do cliente e a senha em mãos realiza rapidamente (na presença do cliente), transferências de valores para outras contas, sem que o cliente perceba.

Como prevenir: O cliente não deve aceitar ou solicitar auxílio de terceiros, devendo, em caso de necessidade, solicitar a um empregado na agência.

Golpe da troca de cartão

Como funciona: O golpista oferece ajuda para a vítima no autoatendimento, geralmente quando a agência está fechada. Muitas vezes, ele está bem vestido, com uniforme do banco ou crachá. Quando a vítima entrega o cartão, rapidamente ele troca o cartão, diz que não tem mais problema algum e vai embora. Quando a vítima percebe que o cartão foi trocado, vai até o banco ou consulta o aplicativo pelo celular, já é tarde demais e valores foram sacados ou transferidos da sua conta.

Como prevenir: Quando a agência estiver fechada não aceite ajuda de terceiros. Sempre que houver necessidade, peça ajuda para algum empregado da agência.

Assuntos

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por