PREJUÍZO

Idosa de 74 anos é mais uma vítima de golpe por WhatsApp e perde R$ 8.400,00

Vítima, que mora no Boqueirão, em Praia Grande (SP), caiu no golpe do Pix e foi à uma delegacia local

Da redaçãoPublicado em 14/09/2021 às 21:19Atualizado há 15/09/2021 às 10:07
Bandidos se passaram pelo filho da idosa (Divulgação)

Bandidos se passaram pelo filho da idosa (Divulgação)

Uma idosa de 74 anos foi mais uma vítima de golpe por WhatsApp e teve um prejuízo ao enviar R$ 8.400,00 via Pix para estelionatários que se passaram por sua filha na última terça-feira (13).

“Quando ela me ligou depois, eu informei que não estava pedindo dinheiro por nenhum lugar e que ela tinha caído em um golpe”, disse a filha.

Com todo prejuízo e o susto de ter passado por essa situação, a idosa foi à uma delegacia local e registrou um boletim de ocorrência sobre o golpe. A Polícia segue investigando o caso.

Golpe do Pix

Com a praticidade do pagamento instantâneo, o Pix, os brasileiros conheceram também novos golpes aplicados por criminosos. Ao mesmo tempo em que a ferramenta facilitou as transações, aumentou os riscos de fraudes.

Apesar disso, também é mais fácil achar os culpados. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que os bancos associados estão reforçando suas ações de comunicação para orientar seus clientes caso sejam vítimas de algum crime.

Para esclarecer dúvidas e evitar que novas vítimas caiam nos golpes via Pix, o Banco Central (BC) do Brasil respondeu uma série de questionamentos sobre a ferramenta.

Assuntos

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por