Um dos maiores canais Praia Grande, no litoral paulista, está sendo sofrendo com descarte de lixo. 

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/infoLitoral E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

O canal percorre quase toda a extensão da avenida do trabalhador, no bairro Tude Bastos, e tem cerca de 2 km. Imagens de moradores mostram o canal descuidado, com mato alto sobre a água e lixo.

Nesta terça-feira (23), uma testemunha relatou ao PG Infomídia que já viu até sofá velho e mobília sendo descartados no local. "Estamos indignados com o entulho, lixo e até a mobília depositada na calçada ao lado da avenida”. Em imagens do local, é possível perceber o desleixo pelo mato alto no interior do canal e pelo há lixo, mas o que impressiona é a quantidade de detritos, formando uma 'ilha flutuante' de lixo e terra no canal. A relação entre canal poluído e alagamento em épocas chuvosas é notória

Participe do nosso grupos ➤ http://bit.ly/CostaNorteInforma  📲 Informe-se, denuncie! 🔵

O canal fica nos 2 quilômetros iniciais da avenida do Trabalhador que tem aproximadamente seis quilômetros. 

Contatada, a prefeitura de Praia Grande argumentou que a cidade tem serviços de limpeza como coleta de lixo domiciliar, a coleta seletiva (3 vezes por semana), Rapa-Treco (que recolhe semanalmente na calçada dos moradores itens inservíveis como móveis e eletrodomésticos velhos) e unidades Ecoponto (que recebem de segunda a sábado da população itens recicláveis, podas de árvores, pequenas quantidades de entulho, madeiras, móveis velhos, pilhas, óleo de cozinha usado, entre outros). 

Segundo a prefeitura, o Ecoponto Sítio do Campo fica exatamente em frente ao local onde está a foto do entulho citado pela reportagem. A prefeitura também responsabilizou a população da cidade pelas condições do canal "o descarte irregular de lixo por parte da população em áreas públicas não tem nenhuma justificativa uma vez que a Cidade oferece à população diversos serviços de limpeza", declarou, por meio de nota, a gestão municipal. 

A gestão municipal lembrou a relação da poluição do canal com os alagamentos da cidade e pediu consciência à população. "A Prefeitura conta com o apoio de todos para manter a Cidade sempre limpa, especialmente porque esse lixo descartado irregularmente pela própria população quando cai na rede de drenagem (canais, bueiros etc) causam obstruções que prejudicam o escoamento da água de chuva, resultando em acúmulos de água".