O Dia dos Namorados é neste sábado (12) e muitos casais ainda estão em dúvida do que fazer na data.

Por isso, o portal Costa Norte decidiu separar três dicas para você aproveitar o dia mais romântico do ano no arquipélago mais lindo do Brasil: Ilhabela, no Litoral Norte do Estado de São Paulo.

Love 1. Gastronomia/Nova Iorque

Quer levar o amor para jantar? Em Ilhabela, não faltam opções. Apesar da pandemia de covid-19, muitos restaurantes estão abertos com limite de entrada de clientes e algumas restrições, mas dá para aproveitar.

Ilhabela é conhecida por ser um refúgio da natureza e um polo de aventuras no Litoral Norte. Para quem ainda não sabe, a ilha também é um importante centro gastronômico.

Durante o ano todo, Ilhabela é palco de vários festivais culinários que celebram os ingredientes originados no mar e a herança indígena. A tradição da cozinha é mantida em vários bares e restaurantes por toda a ilha e reinventada por chefs de renome nacional e internacional.

Para esse Dia dos Namoradores, nossa dica é o restaurante Nova Iorque, situado no extremo sul do arquipélago.

Desde 2000 que o Bar e Restaurante Nova Iorqui cultiva uma gastronomia onde mistura os segredos da culinária caiçara com os detalhes e sofisticação.

Além de excelentes pratos, você pode curtir um pôr do sol de frente para o mar.

O Nova Iorque fica na Avenida Governador Mário Covas Júnior, 18322, bairro dos Frades.

Há mais opções no site turismoilhabela.sp.gov.br.

Love 2. Praia da Fome

Que tal passar o dia coladinho com a sua namorada (o) em uma das praias da Ilha?

Para um clima mais a dois, nossa dica é você visitar as praias das comunidades tradicionais do arquipélago, um pouco mais afastado do centro, onde o acesso é feito somente por barco.

Com apenas 122 metros de extensão, dividida em dois trechos pelas pedras da costeira, está a praia pequena e reservada, que encanta pela sua acolhedora enseada de águas tranquilas e claras.

A paisagem é completada por um casarão em estilo colonial, rancho, barcos de pescadores, árvores que proporcionam grandes sombras e dois riachos. Dizem que seu nome originou-se de histórias de náufragos famintos que iam parar no local.

Além disso, no século XIX, a praia teria abrigado uma fazenda de engorda de escravos que chegavam da África.

 Um belo cenário e bons “causos” estão à espera dos visitantes que queiram conhecer melhor sobre o modo de vida caiçara. O acesso pode ser feito pela trilha, de aproximadamente 1h40, a partir da vizinha Jabaquara ou pelo mar. A Praia da Fome fica a 17,7 km do píer do Perequê.

Há mais opções no site turismoilhabela.sp.gov.br.

Love 3. Tour pelo centro histórico

Depois de almoçar ou jantar, ou até passar um dia na praia, vale também um passeio pelo centro histórico da Ilha, que conta com mar, natureza e muita história com índios, corsários, escravos e cachaça.

Há alguns cafés e docerias que podem deixar o clima mais romântico.

Se casal curte uma boa história, a secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo do arquipélago do litoral norte paulista investe em mais uma modalidade a fim de ampliar as opções para os visitantes.

Para isso, focou na capacitação de 40 guias para contar a rica história de Ilhabela. Os roteiros podem englobar o Centro Histórico da Vila, a Fazenda Engenho D’água e a Fazenda Engenho da Toca.

Você pode contratar um dos monitores para um Tour Histórico Cultural.

Há mais opções de passeios no site turismoilhabela.sp.gov.br.