Um artista visual tomou um susto e capturou uma imagem impressionante da força da natureza em Bertioga, no litoral paulista.

Na tarde desta terça-feira (16), mesma data em que uma  forte chuva de verão com fortes ventos castigou a cidade, o fotógrafo Marcus Vinicius foi ao loteamento Morada da Praia, na região norte de Bertioga, capturar imagens de um arco-íris que havia se formado no horizonte. No exato momento do clique, porém, um raio tenebroso ribombou na frente do fotógrafo. "Fui fotografar o arco íris [e] olha quem apareceu do nada", declarou o artista, em publicação nas redes sociais. 

O próprio fotógrafo reconhece que sair ileso ao capturar uma imagem tão próxima da brutalidade de um fenômeno natural é uma conjunção de sorte e competência. Ele recomenda que as pessoas não tentem fotografar raios. "Sabemos que o Brasil, principalmente o estado de São Paulo, é campeão em descargas atmosféricas. Fiz uma linda imagem, mas corri um grande risco". 

Atualização 22/02 - descobriu-se que o fotógrafo Marcus Vinicius pode ter adulterado a foto e se apropriado de imagem do artista polonês Michal Mancewicz, que tem uma foto idêntica do raio, tirada em maio de 2019, na Polônia. Segundo especialista em imagens, a foto de raio supostamente tirada em Bertioga tem fortes indícios de que é uma montagem. 

Saiba mais aqui

Fotógrafo que registrou raio em Bertioga pode ter adulterado imagem e não corrido risco nenhum

Tempo duro na Baixada Santista 

Ao longo desta semana foram registrados tempestades, chuva de granizo e ventanias em diversas cidades da Baixada Santista. Na segunda-feira (15), véspera do registro do trovão pelo fotógrafo, uma forte chuva de verão assustou moradores da cidade. O vendaval que acompanhou a tempestade durou cerca de 10 minutos e foi registrado por banhistas e moradores no centro da cidade. Em algumas partes do município choveu granizo, mas o sol voltou com força logo em seguida (veja os vídeos ao final).

No dia seguinte, junto com os trovões em Bertioga, a intempérie climática chegou ao Guarujá. Em poucos minutos, a violência da chuva e dos ventos destruiu quiosques da Praia da Enseada. No bairro Três Marias, o boneco de um polvo, mascote do tradicional aquário da cidade, quase saiu voando carregado pelos ventos.  

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp http://bit.ly/COSTAINFORMA10 E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Desastres 

Ao longo do mês de janeiro, a Defesa Civil de SP emitiu diversos alertas de desastres na região. Em fereveiro, o alto volume de chuvas e as péssimas condições de saneamento provocaram alagamentos em Praia Grande, São Vicente e Bertioga

Veja os Vídeos

Notícias relacionadas

Moradores registram temporal e chuva de granizo em Bertioga 

Ventania e forte chuva destroem quiosques em Guarujá

Temporal intenso no Guarujá quase transforma polvo em pássaro

Após tempestade, população de Praia Grande, Bertioga e São Vicente sofre com alagamentos