RETOMADA DOS ESPORTES

Bertioga tem retomada do esporte com volta do Performance Run

Depois de 18 meses, os amantes do esporte puderam voltar a praticar as modalidades de aquathlon e travessia aquática na praia do Indaiá

Da redaçãoPublicado em 15/09/2021 às 10:14Atualizado há 15/09/2021 às 16:20
Imagem de competição realizada em anos anteriores (Arquivo/Prefeitura de Bertioga)

Imagem de competição realizada em anos anteriores (Arquivo/Prefeitura de Bertioga)

Após um ano e meio de espera, o Circuito Performance Run Aquathlon & Travessia foi retomado no domingo (12), no Cantão do Indaiá, trecho da praia da Enseada, em Bertioga (SP). Promovida pela TH5 eventos, a prova, que ocorreria no dia 6 de dezembro de 2020, foi adiada devido à pandemia de coronavírus.

*Obrigado por ler o Costa Norte. Faça parte do nosso canal ℹ📲 ➤ https://t.me/tvcostanorte no Telegram!

O circuito foi composto de duas modalidades, aquathlon e travessia aquática. Na travessia aquática foram três categorias para ambos os sexos: curta, com 750 metros; média, com 1.000 metros; e longa, com 2.000 metros de prova.

Já o aquathlon contou com duas categorias: o longo masculino e feminino, com 750 metros de natação e 5 km corrida (a partir dos 16 anos); e o curto masculino, feminino e infantil, com 500 metros de natação e 2,5 metros de corrida (a partir dos 10 anos).

Na travessia longa masculino, o grande nome do circuito foi Raphael Schmidt, da GT Assessoria, que fez os 2.000 metros em 18min35s39. O feminino não ficou pra trás, Julia Pereira, também da Gt Assessoria, ficou em primeiro com 18min57s71. 

No aquathlon longo, quem se destacou foi Luiz Alberto Andre Avelino, que concluiu a prova em 30min33s22, seguido de Edson Antonio de Souza, com 30min36s33 e Bruno Cruz Martinez, com 31min54s81. Marcella Nicolau foi a campeã do feminino, concluindo em 34min43s36.

A prefeitura de Bertioga, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura, liberou o evento com certos protocolos de higiene. "Todos estavam animados, os participantes estavam na expectativa para competirem, fazer o que gostam. Foi mais o prazer do reencontro, apesar de que com a pandemia ainda tivemos um certo distanciamento, seguimos todos os protocolos”, disse o organizador Oswaldo Felippe Jr.

Ao todo, 400 pessoas se inscreveram, mas nem todas participaram, devido à pandemia. Os participantes desta etapa receberam um kit com camiseta, sacochila, medalha, lanche, numeral, pulseira chip e mascara descartável.

Ainda de acordo com o organizador, todo o procedimento para a competição foi diferenciado, começando pela marcação da numeração dos atletas, que antes era escrito com um ‘canetão’.

"Providenciamos uma tatuagem de fácil remoção e o próprio participante colava em seu braço. Na largada, não houve aglomeração. Fizemos 10 largadas, cinco do masculino e cinco do feminino. E, por último, não foi possível realizar a tradicional cerimônia de premiação", disse Oswaldo.

Para o organização, neste momento a premiação é o que mais gera aglomeração, então um novo esquema de premiação foi montado. "As pessoas viam se o nome estava na lista, os campeões pegavam o troféu e, se quisessem, o backdrop [estrutura com painel] e o pódio estavam à disposição para foto".

A próxima etapa está prevista para o dia 24 de outubro, na praia do Indaiá novamente. Para conferir a lista dos competidores na modalidade travessia basta clicar neste link. Já os que estavam escritos na modalidade aquathlon estão na lista deste link.

Assuntos

O Sistema Costa Norte de Comunicação atua no litoral paulista há mais de vinte anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@costanorte.com.br

Comercial e parcerias:

contato@costanorte.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Sistema Costa Norte de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por