A imobiliária Lopes Conceito, em Santos, assim como o tradicional Grupo Lopes, de que faz parte, apresenta resultados de vendas surpreendentes em plena crise econômica - acentuada pela pandemia.  O Grupo impulsionou a construção civil em Santos e no litoral de São Paulo ao prestar serviços diferenciados e investir em estratégias inovadoras.

De acordo com Ronaldo Roldão, diretor da Lopes Conceito, a imobiliária registrou crescimento no período. “Nesse mundo digital hoje, a gente viu que o Grupo Lopes, com capilaridade nacional, consegue atrair uns 70% dos clientes de São Paulo e do interior que buscam um apartamento, nesse momento delicado, aqui no litoral, perto da praia, com mais qualidade de vida, apartamentos com espaços maiores, mais amplos”, afirmou o diretor ao Agenda Cultura.

Na previsão operacional do primeiro trimestre deste ano, a Lopes registrou um aumento de 68% na revenda de imóveis (secundários) e 48% na venda de imóveis novos (primários) em comparação com o mesmo período do ano passado. 

O mercado imobiliário, como todos os outros mercados, viveu grandes desafios nessa pandemia, nessa loucura inédita que o planeta está vivendo. Mas aqui no Brasil, a construção civil ajudou e está impulsionando a economia do país, com créditos e financiamentos bancários tão baixos como nunca existiu há décadas”, afirma o diretor da Lopes Conceito.

Segundo analistas, o resultado do Grupo, há 84 anos no mercado da construção civil, relaciona-se a fatores estruturais, como juros baixos - o que impulsionou os financiamentos imobiliários. As diminuições na taxa de juros são consideradas o principal fator pela inesperada manutenção das vendas de imóveis em alta apesar da crise no mercado de trabalho e mesmo com a redução de renda dos brasileiros.

Até março deste ano, vigou uma das taxas básicas de juros mais baixas da história, num patamar de 2%, anteriormente a taxa era de 4,5%. Isto é, a taxa caiu mais que o dobro.

Segundo especialistas, cada 1% de queda nessa taxa, significa uma redução de cerca de 8% na parcela do imóvel. Ou seja, uma queda de 2,5% representou uma queda de aproximadamente 20% na parcela. Isso manteve o mercado aquecido mesmo durante a crise.

Além disso, o ótimo resultado também é oriundo de estratégias acertadas da empresa, sobretudo investimentos robustos em tecnologia e soluções digitais para competir com novos players do mercado imobiliário.

A empresa colhe agora investimentos feitos no final de 2019. Na ocasião, o grupo destinou 100% dos recursos arrecadados em um follow on (oferta secundária de ações na bolsa) ao desenvolvimento de ferramentas de tecnologia.

Com recursos, o Grupo passou a investir em processamento de dados e em ferramentas tecnológicas que possibilitassem maior entendimento dos objetivos dos clientes. Nasceu assim a ferramenta tecnológica “three match”.

Além de permitir ao cliente que busca comprar um imóvel simular o financiamento de acordo com diferentes cenários de juros, a ferramenta interpreta os dados e encontra o imóvel e o corretor certo para que o negócio seja concluído com sucesso.

A Lopes Conceito, em Santos, se enquadra nesses investimentos acertados do Grupo. Além das soluções digitais, o Grupo levou para o litoral uma ‘casa de negócios’ que reúne todos os serviços em um só lugar, buscando oferecer mais praticidade aos clientes. O local começa a se estabelecer como uma referência no setor imobiliário, promovendo cursos, formações e eventos para o público em geral. 

Construção Civil

O setor da construção civil é um dos mais severamente impactados durante a pandemia. Entretanto, o setor também se beneficiou das soluções digitais. As construtoras mais atentas começam a usar ferramentas tecnológicas e processamento de dados para integrar a oferta de seus empreendimentos com imobiliárias. Nem só de canteiro de obras vive a construção civil.