Ilhabela promove sua 1ª Festa de Iemanjá neste sábado | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Variedades
Foto: Divulgação/PMI

Ilhabela promove sua 1ª Festa de Iemanjá neste sábado

Programação ocorrerá das 14h até 00h e inclui exposição, oficinas, shows, entre outros


30 de janeiro de 2019 às 12:30
Por Da Redação

Ilhabela promove neste sábado, 2, sua primeira Festa de Iemanjá, na Praia do Oscar, na região Sul da cidade. O evento é realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com a Fundaci (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela).

 

A programação contará com atividades das 14h até 00h, com exposição, oficinas, shows e, entre outros. O secretário de Cultura, Adalberto Henrique da Silva Lopes, o Professor Beto, comentou que a beleza do evento de Iemanjá está no acolhimento da devoção de parte dos brasileiros, principalmente aos que moram à beira-mar. Disse ele: “Qual de nós já não deu pulos nas sete ondas no Réveillon ou viu a beleza do entregar das oferendas com os pedidos? Essa festa tem tudo para ser sucesso e entrar para a história do nosso povo”.

 

A Mãe Cajamburê (Sandra), do Ilê Axé Ventos de Oxalá destacou: “É com imensa satisfação que eu, Mãe Cajamburê, junto com os babalorixás, ialorixás e filhos de axé, agradecemos a prefeitura, na pessoa do prefeito Márcio Tenório, e ao secretário de Cultura, Beto, pelo apoio dado para homenagearmos Mãe Iemanjá em sua festa, padroeira dos pescadores, e no sincretismo, Nossa Senhora D’Ajuda. Axé”.

 

Iemanjá

Iemanjá é um orixá feminino (divindade africana) das religiões Candomblé e Umbanda. O seu nome tem origem nos termos do idioma Yorubá “Yèyé omo ejá”, que significam “Mãe cujos filhos são como peixes”. Mãe-d'água dos Iorubatanos no Daomé, de orixá fluvial africano passou a marítimo no Norte do país.

 

No Brasil, a Iemanjá recebe diferentes nomes, dentre eles: Dandalunda, Inaé, Ísis, Janaína, Marabô, Maria, Mucunã, Princesa de Aiocá, Princesa do Mar, Rainha do Mar, Sereia do Mar, etc.

 

Iemanjá é a padroeira dos pescadores. É ela quem decide o destino de todos aqueles que entram no mar. Também é considerada como a “Afrodite brasileira”, a deusa do amor a quem recorrem os apaixonados em casos de desafetos amorosos.

 

Programação

14h – Abertura do evento – exposição de ornamentos e artigos religiosos de matriz africana

15h – Oficina de atabaque e palestra sobre afro-religiosidade e a importância do atabaque nas religiões de origem africana – Afro Ilu Aye Ilhabela Ogã – Márcio Sella

16h30 – Show Odoyá – a benção à princesa de Aiocá - Grupo Kolofé

18h – Batuque Aberto de Maracatu

20h – Cerimônia em homenagem ao Dia de Iemanjá – participação do Grupo de Ogã Afro Ilu Aye Ilhabela

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral