Master Chefinho Saudável promove atividade gastronômica com alunos do ensino fundamental | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Variedades
Alunos do 1º C, da escola municipal Hilda Ribeiro, uniram-se para  preparar um suco verde
Foto:

Master Chefinho Saudável promove atividade gastronômica com alunos do ensino fundamental

Atividade do Programa Clorofila utiliza produtos das hortas das escolas e incentiva a alimentação saudável


14 de junho de 2018 às 11:43
Por Da Redação

Os alunos do 1º e 4º ano da escola municipal Hilda Ribeiro começaram a quarta-feira, 13, preparando receitas com vegetais plantados no colégio, durante o programa Clorofila de Educação Ambiental. Além de utilizar os produtos da horta das instituições participantes e disputar o melhor prato, a proposta do Festival Master Chefinho Saudável é incentivar o consumo consciente de alimentos. O festival, criado para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, premiará as receitas elaboradas com alimentos saudáveis e sem adição de temperos industrializados, embutidos ou enlatados.

A turma do 1º C optou por não realizar a disputa entre alunos, mas unir todos os estudantes para fazer um suco verde, composto por couve, laranja, maçã, alface, cenoura e gengibre. Durante o preparo da bebida, a professora Maria Passo explicava as propriedades de cada ingrediente, enquanto as mães os picavam e as crianças os colocavam no liquidificador. Ela disse: "Como é uma coisa que eles já veem plantando há alguns anos, escolhemos o suco verde, aproveitando a couve da escola". 

Maria Passo  explica que a atividade se integrou a um trabalho atualmente desenvolvido com as crianças. "Nós estamos estudando o texto instrucional, que é aquele que ensina a fazer alguma coisa. Casamos as duas coisas e ficou bem interessante". A mãe da pequena Alice Garcez de Godoy, Vivian Garcez, contou que a filha mal conseguiu dormir de ansiedade por causa do festival. "Foi muito importante para ela participar junto aos colegas de uma atividade em grupo e aprendeu bastante coisa, embora ela não quisesse experimentar o suco". 

A turma do 1º B fez uma salada de frutas, também com a ajuda das mães. Já no 4º ano, dois alunos levaram receitas feitas de casa: uma quiche de brócolis com cenoura e bolo de cenoura. A mãe do Eduardo Gomes Gouveia, Genice Gomes Falcão, falou que escolheu a receita da quiche para incentivar o consumo de legumes. "Como eu sabia que ia ser apresentada para todas as crianças, talvez elas chegassem em casa e tivessem a curiosidade de falar para a mãe". Eduardo contou empolgado que fez tudo sozinho e que ama cozinhar com a mãe.

A coordenadora do programa, Maria Cristina Peres, disse: "O intuito disso é o prazer de comer saudável. Eles se envolvem e vamos criando a cultura da substituição das porcarias alimentícias por coisas que, às vezes, eles têm, mas não comem". Ela também informou que a pretensão é continuar o festival nos próximos anos. Atualmente, o Clorofila trabalha com 22 escolas das redes pública e privada, nas quais são desenvolvidas atividades de hortas inteligentes, revitalização  de canteiros, criação de oficinas de reciclagem, cantinas sustentáveis e outras frentes. O projeto foi idealizado e é mantido pela empresa Sobloco Construtora há 26 anos.

Últimas Notícias