Ladrões roubam farmácia, fogem de bicicleta e trocam tiros com PMs em Guarujá | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Douglas Buarque da Silva, 21, e Caio Garcia Cenedese, 22
Douglas Buarque da Silva, 21, e Caio Garcia Cenedese, 22 Foto: Reprodução/Internet

Ladrões roubam farmácia, fogem de bicicleta e trocam tiros com PMs em Guarujá

Três criminosos levaram cerca de R$ 600 de Droga Raia em Vicente de Carvalho. Um foi baleado, outro se rendeu e o terceiro fugiu


23 de abril de 2019 às 12:45
Por Da Redação

Um roubo à farmácia Droga Raia, no distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá, terminou em tiroteio entre bandidos e policiais na noite de 17 de abril. Os três criminosos levaram R$ 673, 90 e fugiram em duas bicicletas. A Polícia Militar foi acionada e perseguiu os bandidos que efetuaram disparos contra os PMs e foram detidos, com exceção do terceiro que conseguiu fugir. 

Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNGUARUJA2 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Segundo a gerente da farmácia, o primeiro meliante, Douglas Buarque da Silva, 21, entrou e abordou um cliente com uma arma de fogo. Em seguida entrou Caio Garcia Cenedese, 22, e foi em direção ao caixa. A funcionária conseguiu sair sem que os dois a vissem e pediu socorro a um casal. O terceiro meliante, não identificado, percebeu a movimentação e fugiu de bicicleta. Os outros dois fugiram em seguida em outra bicicleta. A ação foi monitorada pelas câmeras de segurança e durou 15 segundos.

O patrulhamento da Polícia Militar estava próximo ao local e foi abordado por populares que indicaram a direção dos bandidos. Rapidamente identificaram os fugitivos e iniciaram a perseguição. Porém, Douglas, que estava na garupa de uma das bicicletas disparou um tiro contra a viatura, mas não os atingiu. Os policiais seguiram em direção aos que dispararam, enquanto o terceiro fugiu por outra rua. 

Os PMs ultrapassaram a bicicleta para abordá-los e Douglas desceu da garupa e disparou mais um tiro na direção da viatura. Os PMs revidaram com dois disparos de pistola e um de carabina. Douglas foi atingido na panturrilha, mas não se sabe por qual dos disparos, e caiu mais a frente, sendo socorrida em seguida. Caio, que pilotava a bicicleta se rendeu e foi detido com R$ 620, enquanto Douglas possuía um revólver calibre .38 com cinco munições, sendo duas deflagradas.

O delegado de Polícia de Guarujá estabeleceu prisão em flagrante delito e decretou a prisão preventiva aos dois por roubo majorado, resistência e disparo de arma de fogo. A pena máxima é superior a quatro anos de reclusão e não cabe fiança.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral