Detalhes da troca de tiros e morte de suspeito de sequestro | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Foto: Divulgação/Polícia Militar

Detalhes da troca de tiros e morte de suspeito de sequestro

Na residência, no Centro, foram encontradas três armas municiadas, maconha, cocaína e crack


18 de março de 2019 às 14:02
Por Da Redação

Um individuo morreu e outro foi preso após troca de tiros com policiais, na noite de sexta-feira,15, em uma residência,  na rua Rua Julio Prestes, no Centro de Bertioga. No local foram encontradas três armas,  oito porções de maconha, nove tubos contendo cocaína, um saco plástico com 291 porções de pedra de crack e R$ 1990,04.


Segundo o registro no boletim de ocorrência, por volta das 22h20, policiais militares receberam denúncia sobre a localização de suspeitos de envolvimento em um sequestro e cárcere privado ocorrido na quarta-feira, 13, em uma região conhecida como "Caldeirão do Diabo", em Guarujá. 


Os policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) foram até o local citado e, ao chegarem, localizaram um suspeito na rua, que ao ver a viatura correu e entrou na residência, localizada em um beco. Os policiais fizeram a perseguição e, pela janela, viram o suspeito sentado no sofá. 


Eles bateram à porta e foram recebidos por uma mulher, identificada depois como mãe de um dos envolvidos no crime, que permitiu a entrada dos policiais. Um deles ficou ao lado do  suspeito que estava no sofá e os outros subiram as escadas para averiguar o imóvel.


No piso superior havia um sótão, com a porta aberta. Quando um dos policiais direcionou uma lanterna para dentro do cômodo, recebeu dois disparos de arma de fogo em sua direção e revidou com três disparos, na mesma direção. Em seguida, foram ouvidos gemidos e ao entrarem, os policiais encontraram o outro suspeito baleado. 


Os policiais chamaram o Corpo de Bombeiros para ajudar no socorro e o homem, de 32 anos, foi levado para o hospital de Bertioga e, em seguida, transferido para o Hospital Santo Amaro em estado grave, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.


No sótão, além da arma de fogo que estava em posse do atirador, os policiais encontram mais três armas municiadas (uma pistola  calibre .40; uma pistola calibre 9mm; e um revolver calibre 38)  oito porções de maconha, nove tubos contendo cocaína e um saco plástico com 291 porções de pedra de crack. 


O outro suspeito negou o envolvimento com o crime e, na delegacia, disse que não conhecia o outro indivíduo, apenas a mãe dele e que estava na residência há algum tempo. Como não havia no momento nenhuma testemunha que confrontasse as versões do suspeito e dos policiais, o delegado que estava no plantão decidiu por dar voz de prisão a ele, por associação ao tráfico de entorpecente.  


O caso foi registrado na Delegacia Sede de Bertioga.


Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral