Proprietária de pousada é presa em flagrante por furto de água | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Foto: Rosângela Ribeiro/ Arquivo JCN

Proprietária de pousada é presa em flagrante por furto de água

Imóvel localizado no Indaiá, em frente à praia, tinha consumo mínimo, a ponto de a conta chegar a ser gratuita


25 de fevereiro de 2019 às 11:05
Por Da Redação

Uma conta de água sempre com o valor mínimo em um endereço onde consta uma pousada foi o que levou a Sabesp a acionar sua equipe de fiscalização e constatar uma "manobra": um cano de derivação evitava passar pelo relógio marcador a água que entrava para o imóvel, localizado no bairro Indaiá, em Bertioga.  Um crime de furto qualificado por fraude, que levou a proprietária a ser presa em flagrante. 


A autuação ocorreu no dia 20 deste mês, quando policiais militares foram acionados a ir até o local, com o representante da estatal. Escavações no terreno puseram à vista o esquema, que, além do cano principal, possuía outros, já dentro do imóvel, que direcionava a água furtada para torneiras e caixa d´água.  O caso foi levado à delegacia, onde o delegado de plantão solicitou uma perícia no local, que constatou o crime. 


A proprietária  foi encaminhada para a delegacia e, segundo o boletim de ocorrência, ao ser entrevistada, alegou não saber de nada. Ela disse nunca ter desconfiado que havia algo errado, mesmo com um consumo tão mínimo, ao ponto de de a conta, em alguns meses, ser gratuita. A suspeita também tentou se defender dizendo que a pousada ainda não está em pleno funcionamento e acusou o pedreiro  de ser o responsável pela derivação, sem o seu conhecimento. O delegado, no entanto, não acreditou em sua versão e deu voz de prisão em flagrante. 


A Sabesp informou que, com o flagrante, a empresa cobrará retroativamente  o valor correspondente à tarifa pela água furtada e pelo esgoto coletado, além da taxa dos serviços de regularização e instalação da unidade de medição de água (caixa UMA).


Casos suspeitos podem ser comunicados para a Central de Atendimento da Sabesp (195 ou 0800 0550195) ou pelo Disque-Denúncia (181). O denunciante não precisa se identificar e a ligação é gratuita.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral