Os policiais “Nota 10” da Baixada Santista | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Foto: Nathalia Pagliarini

Os policiais “Nota 10” da Baixada Santista

PMs do 3º Batalhão de Policiamento Ambiental do Guarujá são homenageados por ação que resultou na apreensão de drogas, armas e na prisão de criminosos


11 de fevereiro de 2019 às 15:20
Por Da Redação

O governador João Doria e o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, homenagearam nesta segunda-feira, 11, cinco policiais militares do 3º Batalhão de Policiamento Ambiental (Guarujá) com o título de “Policial Nota 10”. Outros 15 agentes das polícias Civil, Militar e Técnico Científica também foram laureados pelo governo na ocasião. 


Criado pela Secretaria da Segurança Pública, o programa “Policial Nota 10” tem como objetivo reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado. Mensalmente, 20 agentes das três polícias são homenageados pelas ações de destaque em prol da segurança da população. Esta foi a primeira edição do programa.


A ação que rendeu homenagem aos policiais da Baixada Santista foi deflagrada em 9 de dezembro. O 1° sargento Eduardo de Lima Araújo, os cabos Ailton de Araújo Anastácio e Evanildo Ferreira de Oliveira e os soldados Sérgio Augusto Ferreira Silva e Atílio Miranda Alencar, faziam patrulhamento marítimo na comunidade da Vila dos Pescadores, em Cubatão, quando suspeitaram de uma embarcação atracada próxima a uma residência. 


Os policiais iniciaram o processo de averiguação e encontraram uma grande quantidade de drogas, além de armas, munições e equipamentos de comunicação. Foram apreendidos um fuzil AK-47; uma pistola 9mm; 332 munições de diferentes calibres, incluindo de fuzis;762, carregadores; 2.200 pinos de cocaína; 3.130 pedras de crack; e 430 porções de maconha. Também foram recolhidos R$118,9 mil. Dois criminosos foram presos na ação.


“No local, a primeira coisa que encontramos foi um fuzil. Na sequência, um dos suspeitos apareceu e eu mesmo o rendi. Depois, ouvimos pelo rádio da embarcação que outros comparsas iriam resgatá-lo, bem como sua companheira, que também estava na casa. Pedimos apoio e o helicóptero Águia conseguiu chegar e auxiliar, já que o local era de difícil acesso”, contou o cabo Evanildo.


O policial também falou sobre como o reconhecimento é importante, inclusive para a família do PM. “É gratificante porque passamos por momentos difíceis nessa ocorrência e receber uma homenagem do secretário da Segurança Pública e do governador do Estado é um alimento para continuarmos com o nosso trabalho e até melhorá-lo. Além disso, nossos familiares ficam lisonjeados.”


"Esse programa é a valorização profissional de cidadãos simples e anônimos que saem de casa todos os dias para servir", destacou o general Campos.


Brumadinho

O Governo do Estado de São Paulo também prestou homenagem aos policiais militares e técnico científicos que auxiliaram nas buscas e identificação das vítimas da tragédia de Brumadinho.  Já no dia 29/01, a primeira tropa paulista composta com 54 policiais militares, sendo 44 bombeiros e 10 homens do Comando de Aviação da PM, seguiu para Minas Gerais.


Dois dias depois, uma equipe com sete policiais técnico-científicos embarcou para região metropolitana de Belo Horizonte. Outras duas turmas de militares rumaram para Brumadinho, sendo a última no dia 6 de fevereiro. Ao todo, 161 policiais participaram dos trabalhos de busca e reconhecimento de vítimas em Minas Gerais.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral