Filha de 19 anos manda matar o pai a tiros em Ubatuba | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança

Filha de 19 anos manda matar o pai a tiros em Ubatuba

Luciano Pedroso de Toledo estava desaparecido desde quarta-feira, 8, e foi encontrado morto com cinco tiros por um familiar


09 de novembro de 2018 às 01:43
Por Reginaldo Pupo

Mais um crime chocou os moradores do litoral norte. Após a morte de um arquiteto e ex-PM em São Sebastião há cerca de um mês, morto com golpes desferidos supostamente por um amigo que frequentava sua casa, agora um advogado de 43 anos foi assassinado com cinco tiros em Ubatuba. 

Luciano Pedroso de Toledo, que recentemente se candidatou ao cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de família tradicional da cidade, foi encontrado por um familiar caído dentro de sua casa, em meio a uma poça de sangue, na noite desta última quinta-feira, 9, no bairro Estufa I.

Toledo estava desaparecido desde o dia anterior. Ele foi morto com cinco tiros, de acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso.

 A única filha do advogado, de 19 anos, foi presa junto com o namorado, após confessar serem os mandantes do crime.

Ela afirmou em depoimento que planejou o crime havia 15 dias e pagou uma terceira pessoa para executá-lo. Durante o depoimento, segundo a polícia, ela teria demonstrado frieza ao contar os detalhes do crime. 

Ainda segundo a polícia, a jovem teria afirmado que sofria abusos sexuais do pai durante a infância, ao menos desde os nove anos, o que teria sido a motivação do crime por vingança.

O namorado dela, de 24 anos, que também não teve o nome divulgado, tem passagens pela polícia por roubo e furto. A Polícia Civil de Ubatuba realiza diligências para prender o executor do homicídio.

Últimas Notícias