Indiciado pela morte de arquiteto em São Sebastião entrega-se à polícia | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Kero-Kero entregou-se à meia noite de terça-feira, 6
Kero-Kero entregou-se à meia noite de terça-feira, 6 Foto: Reprodução/Internet

Indiciado pela morte de arquiteto em São Sebastião entrega-se à polícia

Polícia trabalha com a hipótese de que a vítima tenha sido dopada na noite do crime. O corpo de Wesley Augusto Santana será exumado na sexta-feira, 9


07 de novembro de 2018 às 16:00
Por Da Redação

O guarda municipal Robson de Souza, 46 anos, vulgo Kero-Kero, entregou-se à polícia, por volta da meia-noite de terça-feira, 6. Ele foi indiciado, dia 31 de outubro, pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) no caso do assassinato do arquiteto e ex-policial militar Wesley Augusto Santana, o Lelo, de 39 anos, morador de São Sebastião. 


Kero-Kero já era considerado foragido, pois vinha sendo procurado desde o fim da tarde de segunda-feira, 6, após ter seu mandado de prisão temporária, por 30 dias, expedido pela Justiça. O acusado ficará na delegacia de São Sebastião até ser transferido para uma cela especial na delegacia de Caraguatatuba. 


O caso ainda revela novas surpresas, já que o delegado do 1º Distrito Policial de São Sebastião, Dr. Vanderlei Pagliarini pediu a exumação do corpo da vítima, que será feita na próxima sexta-feira, dia 9. Há suspeita de que o arquiteto possa ter sido dopado na noite em que foi assassinado. O Instituto Médico Legal (IML) irá analisar material recolhido do corpo de Lelo, que poderá apontar, ou não, se ele ingeriu alguma substância, pela ação de alguém interessado em sua morte. 


Outra linha de investigação aponta para a participação de mais uma pessoa no crime, que já está identificada, mas ainda não foi indiciada. A polícia busca mais provas. 


 

 


 






 

Últimas Notícias