Guarujá realiza ações de cidadania na Prainha | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança
Projeto levará serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas à comunidade
Foto:

Guarujá realiza ações de cidadania na Prainha

Projeto teve início após uma operação policial no bairro motivada pela morte do cabo Aldo


11 de outubro de 2018 às 15:11
Por Da Redação
Projeto levará serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas à comunidade
Projeto levará serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas à comunidade Foto: Helder Lima/PMG

Projeto levará serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas à comunidade
Projeto levará serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas à comunidade Foto: Helder Lima/PMG

A prefeitura de Guarujá implantou uma operação de 100 dias na comunidade da Prainha, no bairro Pae Cará, com o objetivo de mudar a realidade dos moradores da região localizada no distrito de Vicente de Carvalho. A Operação Cultivando Cidadania foi criada a partir de uma operação policial que está sendo realizada na Prainha desde o dia 26 de setembro, motivada pela morte do policial militar José Aldo dos Santos, executado com 50 tiros de fuzil, em 26 de setembro.

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, reuniu empresários do setor portuário, comerciantes, Ministério Público, Polícias Civil e Militar e representantes da prefeitura para atuar na comunidade. “O que estamos buscando aqui é responsabilidade social, e estamos fazendo nossa lição de casa. Conseguir um pouquinho de cada um em prol de uma ação importantíssima como esta é fundamental, e produzirá impacto duradouro”, descreveu.

Foi montado um grupo de trabalho, liderado pela diretora da Força-Tarefa de Guarujá, Ana Valéria Amorim. “O foco principal dessa ação é que as crianças e jovens da Prainha possam sonhar novos sonhos, tendo acesso mais próximo a serviços de cidadania, saúde, cultura, além de atividades esportivas, que serão intensificados no próprio local. Estamos viabilizando junto a empresários, inclusive, o agendamento de visitas monitoradas às empresas”, afirma Valéria.

O promotor de Justiça Osmair Chamma Júnior destaca a importância da ação. “Vamos levar para essa comunidade políticas públicas que muitos moradores não tiveram oportunidade de conhecer”.

Facebook

Para implantar o projeto, o grupo criará, no Facebook, uma página da operação, para que as pessoas possam acompanhar o andamento das ações, colaborar por meio de doações de itens,  e inclusive se candidatar como voluntárias no projeto.

Últimas Notícias