Ato pedirá paz após jovem ser morto por causa de celular | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Segurança
Suspeitos de matarem estudante por causa de um celular
Suspeitos de matarem estudante por causa de um celular Foto: Divulgação

Ato pedirá paz após jovem ser morto por causa de celular

Vestidos de branco, os moradores do bairro sairão da avenida José da Costa Pinheiro Júnior e percorrerão outras ruas, para protestar contra a violência

21 de junho de 2018 às 16:02
Por Reginaldo Pupo

Uma caminhada será realizada neste domingo, 24, a partir das 8h, para lembrar a morte do estudante Matheus Gomes de Almeida, de 17 anos, ocorrida na última terça-feira, 19, após sofrer um assalto no bairro Travessão e ter seu celular roubado por dois homens, que estavam em uma bicicleta. O ato, denominado Domingo pela Paz, será organizado pela paróquia Nossa Senhora da Glória e pela Diocese de Caraguatatuba. Vestidos de branco, os moradores do bairro sairão da avenida José da Costa Pinheiro Júnior e percorrerão outras ruas, para protestar contra a violência.

A polícia pediu a prisão temporária de dois suspeitos de cometerem o crime. Com base em imagens que gravaram o latrocínio, os policiais identificaram os autores, que têm 23 e 37 anos, mas não tiveram seus nomes divulgados. Os suspeitos já são conhecidos no meio policial e têm passagens por tráfico, porte ilegal de arma e lesão corporal. Na última quarta-feira, 20, policiais civis estiveram na residência dos suspeitos, mas não foram localizados (R.P.).

Últimas Notícias