|
Segurança

Mulher esfaqueia ex-marido em Bertioga

Edgard de Oliveira Tuxen foi socorrido no hospital de Bertioga, mas não resistiu aos ferimentos


05 de março de 2018 às 13:36
Por Da Redação
O vigilante já havia sido esfaqueado pela ex-mulher em outra ocasião
O vigilante já havia sido esfaqueado pela ex-mulher em outra ocasião Foto: Arquivo Pessoal

Um homem de 34 anos foi assassinado pela ex-mulher com um golpe de faca, na manhã de sábado, 3, no bairro Chácaras, em Bertioga. O crime ocorreu na casa da vítima, na rua Sete, em frente a um dos filhos do casal, de 13 anos, e o motivo teria sido por ciúmes. Em depoimento à polícia, o adolescente informou que  a mãe já havia atentado contra a vida de Edgard de Oliveira Tuxen há cerca de três meses, quando o esfaqueou em uma das pernas. 

De acordo com informações, por volta das 9h30, a autora, residente de Itaquaquecetuba, apareceu na residência onde Edgard mora com o filho, o agarrou pela camisa e perguntou: "Quem mandou você ir para a balada?". Em seguida, ela o acertou no peito com a faca. Para fugir da ex-mulher, o vigilante pulou o muro da residência, correu em direção a uma casa de materiais para construção, próxima à rodovia Rio-Santos, onde foi socorrido por populares e levado ao hospital de Bertioga, mas não resistiu aos ferimentos.

A mulher teria jogado a faca em um rio próximo ao local do crime e fugido em seguida. O adolescente conseguiu recuperar o instrumento usado pela mãe e o entregou a polícia. Segundo o depoimento do jovem, ela era esquizofrênica e se armava com faca em todas as brigas do casal, e também teria tentado se matar com um facão. A autora foi encontrada por agentes da Polícia Militar da Grande São Paulo, presa e encaminhada à uma cadeia pública. O corpo de Edgard foi velado e enterrado no domingo, 4, no Cemitério Municipal de Bertioga.

Últimas Notícias