Câmara de São Sebastião aprova concurso público | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Política
Foto: Divulgação/Câmara de São Sebastião

Câmara de São Sebastião aprova concurso público

Projeto de lei, de autoria do Executivo, seguiu para sanção e prevê 170 novos cargos efetivos na Fundação de Saúde Pública

15 de fevereiro de 2019 às 12:38
Por Da Redação

A Câmara de São Sebastião aprovou na sessão de terça-feira, 12, em segunda votação, o projeto de lei de autoria do Executivo que prevê a criação de 170 novos cargos e vagas efetivos para atuação na Fundação de Saúde Pública de São Sebastião.


O projeto Projeto de Lei Complementar nº. 08/18 foi aprovado, por maioria de votos na Câmara. A proposta é reestruturar o quadro permanente de funcionários e ampliar a oferta de profissionais que atuam na rede municipal. Pelo projeto, fica prevista a criação de cargos como de agente comunitário de saúde, médico (em várias especialidades), fisioterapeuta, nutricionista, entre outros. E são ampliadas vagas como de contador, enfermeiro, médico (generalista), motorista, odontólogo, entre outros.


As novas vagas efetivas deverão ser preenchidas por meio de concurso público ou processo seletivo a ser realizado ainda este ano. Os salários podem variar de R$ 1.142,98 a R$ 9.255,44.


De acordo com o presidente da Fundação de Saúde de São Sebastião (FSPSS) Carlos Craveiro, o objetivo desta ampliação no número de vagas deve-se também a ampliação no atendimento em saúde do município. Ele explicou: “Atualmente temos um déficit de profissionais nas unidades de saúde que são gerenciadas pela Fundação, e para isto precisamos recompor o quadro até porque em muitos locais houve um aumento populacional considerável nas áreas de abrangência das unidades de saúde”.


O prefeito Felipe Augusto comentou: “Pretendemos com este projeto aumentar o atendimento do PSF nos bairros e gerar novas vagas de emprego com a realização do concurso público”. 


Investimentos

Um levantamento feito pelo Conselho Federal de Medicina demonstra que a cidade é a que mais investe recursos próprios em ações e serviços públicos de saúde, declaradas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde. Ao todo é investido R$ 1.251,43 per capta, um número bem maior do que a média nacional que é de R$ 403,37 por pessoa.

 

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral