João Doria e Márcio França empatam em pesquisa para o governo de São Paulo | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política
Márcio França (PSB) e João Dória (PSDB)
Márcio França (PSB) e João Dória (PSDB) Foto: Reprodução Facebook

João Doria e Márcio França empatam em pesquisa para o governo de São Paulo

Ambos têm 50% de intenção dos votos válidos e 48% de preferência no levantamento que inclui votos nulos e em branco


26 de outubro de 2018 às 16:16
Por Estela Craveiro

Pesquisa da RealTime Big Data para o governo do estado de São Paulo, encomendada pela RecordTV, traz pela primeira vez os candidatos João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) empatados. Cada um tem 50% dos votos válidos.

Eles também estão empatados na pesquisa que contabiliza votos nulos e brancos, cada um com 48% das intenções de votos das três mil pessoas ouvidas.Neste levantamento, votos nulos e brancos representam 2% e outros 2% ainda estão indecisos.

A pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 26, foi feita na quinta-feira, 25. Tem margem de erro de 2%, para mais ou para menos, e nível de confiança de 95%. Está registrada na Justiça eleitoral sob os protocolos SP-04178-2018/BR-0442-2018.

Em relação à pesquisa anterior da RealTime, divulgada na terça-feira, 23, Doria caiu de 53% para 50% e Márcio França subiu de 47% para 50%.

Convictos x indecisos

Questionados sobre a possibilidade de mudar de candidato até o dia eleição, no domingo, 28, dos que disseram votar em Doria, 46% afirmaram ter certeza disso e 2% ainda podem mudar de ideia.

Entre os que escolheram França, 44% estão convictos de sua opção e 4% ainda não têm certeza absoluta.

Dos 2% que pretendem votar em branco ou nulo, metade está decidida, e metade ainda pode fazer outra escolha.

Opinião

Dos eleitores ouvidos, 54% acreditam que Doria será o governador de São Paulo, 41% apostam em França, e 5% não se posicionaram a respeito.

Rejeição

Doria liderou no quesito rejeição, com 40%, e Márcio França ficou com 27%. Outros 6% rejeitam os dois e 27% não rejeitam nenhum dos dois. Doria cresceu 5% no quesito rejeição em relação à pesquisa anterior e França caiu 2%.

Últimas Notícias