Coluna Albatroz | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política

Coluna Albatroz

Confira alguns momentos da sessão semanal da Câmara Municipal de Bertioga


26 de junho de 2018 às 16:36
Por Estela Craveiro

Vereador Silvio Magalhães
Vereador Silvio Magalhães Foto: Estela Craveiro/JCN

Marca do pênalti 

O vereador Silvio Magalhães (PSB) aproveitou o gancho da reprogramação da audiência pública, na Câmara Municipal, para discutir as leis relativas ao orçamento municipal de Bertioga para 2019, que mudou do dia 20 para 25 de junho, para se queixar da demora do Executivo em enviar documentos ao Legislativo: “Esse material foi mandado para a gente em cima da hora. Todos os materiais de análise que são necessários às comissões estão chegando na marca do pênalti. Nós precisamos de prazo para avaliar isso, analisar, contribuir com sugestões”. Os materiais relativos ao orçamento chegaram à Câmara na quinta-feira, 14. Magalhães aproveitou para lembrar que o mesmo ocorreu com os balanços, que foram expostos na audiência pública da Secretaria de Administração e Finanças, recentemente realizada. Aliás, em sessão anterior, o vereador já havia se queixado de que não havia informações sobre a taxa de iluminação pública paga por todos. E que, dizem, tem dinheiro sobrando.

Vereador Ney Lyra, presidente da Câmara de Bertioga
Vereador Ney Lyra, presidente da Câmara de Bertioga Foto: Estela Craveiro/JCN

Polícia hidroviária

Em parceria com o vereador Ney Lyra (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Bertioga, o vereador Silvio Magalhães apresentou indicação na qual solicita ao governador Márcio França a reativação do patrulhamento hidroviário na Baixada Santista, equipado com rádio iluminação e material de salvamento, que já existiu em São Vicente, e deveria se estender a outros municípios, mas, por falta de investimento, acabou desativado. O pedido baseia-se no aumento dos casos de roubos de barcos, assaltos a bancos com bandidos fugindo de barco, pescadores e proprietários de barco à mercê de marginais. Ney Lyra observou que a Capitania dos Portos e a Marinha não têm poder de polícia, mas apenas autoridade para fiscalizar a documentação de embarcações e seus condutores.

Vereador Carlos Ticianelli
Vereador Carlos Ticianelli Foto: Estela Craveiro/JCN

Gestantes

O vereador Carlos Ticianelli (PSDB) apresentou projeto de lei instituindo vagas para gestantes, nos estacionamentos de Bertioga. Para isso, elas devem ter em seus veículos adesivos concedidos pela prefeitura com base em laudo médico, para uso temporário.

Circuito fechado
Junto com o vereador Biró (PTB), Ticianelli apresentou indicação para que a prefeitura crie um circuito fechado de televisão, para todos os órgãos públicos municipais, incluindo o hospital e o pronto-socorro, com conteúdo educacional e informativo de interesse dos munícipes. A preocupação deles é que, em horários avançados, crianças e adolescentes presentes nesses espaços acabam assistindo a programas com conteúdo impróprio para elas.

Luci Cardia e o vereador Dr. Arnaldo
Luci Cardia e o vereador Dr. Arnaldo Foto: Estela Craveiro/JCN

Moções I

Toda terceira sessão do mês, na Câmara Municipal de Bertioga, tem emoção garantida, com as moções de homenagem a personalidades da cidade. Uma das homenageadas nessa semana foi a empresária Luci Cardia, diretora de proteção especial da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda de Bertioga. Anteriormente, ela, que é mulher do delegado José Aparecido Cardia, foi responsável pela diretoria de proteção básica, e também presidiu o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O desempenho de Luci, que atualmente cursa o terceiro ano do curso universitário de assistência social, motivou a moção de congratulação do vereador Dr. Arnaldo (PV).

Moções II
A vereadora Valéria Bento (MDB) homenageou os proprietários dos restaurantes de Itaguaré, por seu empreendedorismo, fomento ao turismo e préstimos ao público, e o lutador de jiu-jítsu Wesley Gomes Pereira por sua dedicação e exemplo de ativismo social por meio do esporte. Outro homenageado foi o pastor Paulo de Paula, por seu trabalho à frente da Casa de Apoio Rosa de Saron, focada na recuperação de mulheres dependentes químicas.

Últimas Notícias