CPI do rio Itapanhaú solicitada na Assembleia Legislativa paulista | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política
Rio Itapanhaú
Rio Itapanhaú Foto: Renato Inácio/JCN

CPI do rio Itapanhaú solicitada na Assembleia Legislativa paulista

Requerimento de deputados do Psol engloba também cava subaquática de Cubatão


20 de junho de 2018 às 16:28
Por Estela Craveiro

Na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo  (Alesp), João Paulo Rillo e Raul Marcelo, deputados do PSOL, apresentaram requerimento para constituição de CPI para investigar "as decisões da Cetesb quanto à transposição do rio Itapanhaú visando o abastecimento na região metropolitana de São Paulo e quanto às licenças de instalação de cavas subaquáticas no estuário de Santos, ambos projetos que ameaçam o meio ambiente e a vida humana na Baixada Santista, no período de 2005 a 2018". 

O documento já recebeu a assinatura de 16 parlamentares, além dos autores. Faltam 14 assinaturas para completar o mínimo de 32 exigidas para protocar a CPI.

Subscreveram o requerimento Carlos Giannazi, do PSOL, os petistas Alencar Santana Braga, Ana do Carmo, Beth Sahão, Carlos Neder, Geraldo Cruz, José Américo, José Zico Prado, Luiz Fernando Ferreira, Luiz turco, Márcia Lia, Marcos Martins, Professor Auriel, Teonílio Barba e, do PCdoB, Gustavo Petta e Leci Brandão. 

A proposta da CPI surgiu no início de maio, em audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável sobre a transposição do rio Itapanhaú, quando foram apresentados questionamentos sobre o aval da Cetesb à escolha desta opção como solução para a segurança hídrica da região metropolitana de São Paulo.

Também gera protestos licenciamento concedido pela Cetesb liberando obras polêmicas, como a cava subaquática de Cubatão, por onde se joga lixo tóxico no mar.

Últimas Notícias