Vereadores pedem construção de moradias para vítimas de inundações | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política
O requerimento foi apresentado durante a 11ª Sessão Ordinária
O requerimento foi apresentado durante a 11ª Sessão Ordinária Foto: Rodrigo Palassi

Vereadores pedem construção de moradias para vítimas de inundações

A cheia atingiu a região dos bairros Pilões e Água Fria, em Cubatão


19 de abril de 2018 às 16:30
Por Da Redação

A combinação de chuvas torrenciais e maré alta, que represou as águas dos rios e impediu o escoamento,  deixou muitas famílias desabrigadas no domingo, 5, no Pilões, em Cubatão. Por nisso, o presidente da Câmara Rodrigo Alemão (PSDB) apresentou requerimento, conjuntamente com o vereador Toninho Vieira (PSDB), no qual solicita ao Executivo  viabilização urgente junto à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) da construção de moradias para as famílias que residem na região dos bairros Pilões e Água Fria.

Do requerimento aprovado pelo plenário da Câmara, durante a 11ª sessão ordinária, consta: "Em razão de se tratar de áreas de risco, ou seja, que apresenta enorme probabilidade de reincidência dos fatos numa futura frente fria, com chuva volumosa que venha atingir a região, faz-se necessário promover condições dignas de moradia para as famílias afetadas".

Rodrigo Alemão ressaltou que as pessoas moram em áreas de risco por necessidade e não por opção. Ele afirmou que as constantes inundações exigem obras de desassoreamento dos rios, além de ações de microdrenagem. O chefe do Legislativo ainda pontuou que a existência de bocas de lobo e bueiros entupidos também dificulta escoamento da água. Toninho Vieira lembrou as enchentes de 2013, que alagaram muitas residências naquela região e deixaram vários desabrigados. O parlamentar disse que é preciso buscar urgentemente o apoio do governo do estado para que, enfim, sejam transferidas essas famílias.

O vereador Ricardo Queixão (PDT) não crê que haja tempo nem dinheiro para que o governo do estado faça hoje qualquer tipo de obra nas áreas de risco. Ele criticou a politicagem que antecede o período eleitoral e disse que o Palácio dos Bandeirantes ignora os pedidos de Cubatão. Ivan Hildebrando (PSB), por outro lado, disse confiar que o atual governador Márcio França ajudará  Cubatão no que for preciso, para resolver essa questão habitacional que envolve os moradores de Pilões e Água Fria. Ele defendeu que uma comitiva da cidade vá ao Palácio dos Bandeirantes (sede do governo do Estado de São Paulo) para buscar apoio.

Atendimento às vítimas  

As 25 famílias desalojadas já retornaram às suas casas, após a inspeção e liberação feitas na segunda-feira, 16, pela Coordenadoria Municipal da Defesa Civil (Comdec) de Cubatão. Prosseguem agora os trabalhos da Secretaria Municipal de Assistência Social na assistência às vítimas, com a entrega de roupas, alimentos não perecíveis e produtos de higiene doados pela população regional.

As doações podem ser comunicadas pelo Disque Solidariedade, nos telefones (13) 3362 6500 e 3362 0842, e entregues diretamente nas instalações do Fundo de Solidariedade, situadas no Parque Anilinas, com entrada pelo final da rua Assembleia de Deus. Segundo o secretário municipal de Assistência Social Sebastião Ribeiro do Nascimento, além das 25 famílias que voltaram às suas casas, pelo menos outras cinco estão sendo atendidas na área de Pilões, também por necessidades diretamente relacionadas à inundação ocorrida no final de semana.

O secretário esteve na capital paulista na noite de domingo e na tarde da segunda-feira, para retirar materiais doados pela Casa Civil do Governo de São Paulo, em contato com a coordenadora Regina Elsa. Foram doados 100 cobertores, 25 conjuntos de material de limpeza (balde, vassoura, sabão em pedra, água sanitária e outros produtos) e 25 cestas básicas.

Na segunda-feira, ainda conforme o secretário, foram entregues pela Assistência Social cubatense às famílias que passaram, no domingo, pelo cadastro de atendimento social, 31 colchões, 30 conjuntos de alimentos, 30 conjuntos de higiene pessoal (escova dental, creme dental, toalha de banho, sabonete) e 30 conjuntos de material de limpeza. 

Últimas Notícias