Orçamento de Ilhabela para 2018 é aprovado com emendas | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política

Orçamento de Ilhabela para 2018 é aprovado com emendas


22 de dezembro de 2017 às 15:46
Por manolo
Nova sessão extraordinária ocorrerá na próxima quarta-feira, 27, às 18h, para análise de três projetos


Ilhabela
Da redação

Em segunda votação, a Câmara de Ilhabela aprovou o projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa do município para 2018 (LOA), com orçamento de R$ 650 milhões, bem como o Plano Plurianual (2018-2021) e as alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A votação ocorreu em sessão extraordinária na noite da última quarta-feira, 20, realizada após a sessão ordinária. Os vereadores aprovaram emendas no projeto da LOA, remanejando recursos do Turismo, em benefício de áreas como desenvolvimento social, regularização fundiária, segurança, saúde, educação, esporte e outras prioridades elencadas pelos moradores de Ilhabela nas audiências públicas.

Na extraordinária, os vereadores rejeitaram o veto parcial do prefeito ao projeto que institui o programa Praia Segura, que prevê a contratação de 12 guarda-vidas temporários para reforçar o contingente designado pelo governo estadual, na temporada de verão. Os profissionais serão contratados pelo prazo fixo de um ano, após aprovação em processo seletivo, podendo ser prorrogado por igual período. Os guarda-vidas contratados serão capacitados pelo Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar).

Próxima sessão

Haverá sessão extraordinária na próxima quarta-feira, 27, às 18h, para que os vereadores analisem três projetos. O primeiro, do Executivo, que altera a ementa e artigos da lei municipal que institui o programa de Controle Populacional de Cães e Gatos, e cria o Conselho Municipal de Saúde e Bem-Estar Animal. O segundo projeto, também do Executivo, autoriza a prefeitura a conceder bolsa de estudos e auxílio transporte intermunicipal. O objetivo é atualizar os valores para custeio dos benefícios aos estudantes, prevendo a correção anual de ambos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apurado pelo IBGE. E o terceiro projeto, de autoria da presidente da Câmara, vereadora Nanci Zanato (PPS), dispõe sobre os serviços de táxi no município.

Foto Divulgação/CMI

Últimas Notícias