Curso de línguas estrangeiras e benefício para músicos aprovados | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política

Curso de línguas estrangeiras e benefício para músicos aprovados


30 de junho de 2017 às 11:37
Por Costa Norte
Vereadores aprovam exigência de apresentações de músicos locais em abertura de shows na cidade


Foi aprovado, na sessão da Câmara de Caraguatatuba de terça-feira, 27, projeto do vereador Renato Leite Carrijo de Aguilar, o Tato Aguilar (PSDB), que dispõe sobre a obrigatoriedade de se dar espaço para a apresentação de artistas locais na abertura de shows musicais realizados na cidade. Iniciativa semelhante já havia sido aprovada em São Sebastião e Ilhabela.

De acordo com a proposta, os shows e eventos musicais de cantores ou grupos no município devem ter obrigatoriamente a abertura feita por artistas residentes em Caraguá. O intuito é dar voz as expressões da cultura local, proporcionando aos músicos da cidade, a oportunidade de mostrarem, não apenas o seu trabalho, mas, principalmente, o seu talento.

O vereador José Eduardo da Silva, o Duda Silva (PP), também teve aprovado, por unanimidade, projeto que autoriza a criação, no município, do curso de línguas estrangeiras com parceria entre Poder Executivo e a iniciativa privada. O curso deverá propiciar o ensino de língua inglesa e/ou espanhola, maior possibilidade para o ingresso dos jovens carentes no mercado de trabalho, oportunidade de aprimoramento educacional e profissional e o incentivo que possibilite o contato dos jovens carentes com outras culturas.

Retirado da pauta na última semana, foi aprovado, nessa sessão, o projeto de lei do Executivo, que dispõe sobre o plano de amortização do déficit atuarial do Regime Próprio de Previdência Social do Município de Caraguatatuba. O projeto objetiva ter critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial, para evitar que não se consiga garantir, num futuro próximo, o pagamento de aposentadorias e pensões por morte aos segurados e dependentes do CaraguáPrev. Com a aprovação, espera-se suprir o déficit nos próximos 35 anos.

Caraguatatuba

Da redação

Foto: CMC

 

Últimas Notícias