Litoral Norte leva presidência e secretaria da Abramt | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política

Litoral Norte leva presidência e secretaria da Abramt


20 de janeiro de 2017 às 10:55
Por Costa Norte

Foto: Divulgação

Região

Da redação

O prefeito de São Sebastião Felipe Augusto é o novo presidente da Abramt - Associação Brasileira de Municípios com Terminais Marítimos, Fluviais, Terrestres de Embarque e Desembarque de Petróleo e Gás Natural. A eleição, por unanimidade, aconteceu na terça-feira, 17, em reunião da associação, em Brasília.  Aguilar Jr., prefeito de Caraguatatuba, foi eleito primeiro secretário.

Em discurso de posse, Felipe Augusto afirmou que dará prosseguimento à luta dos municípios filiados à associação na defesa dos seus interesses, principalmente, no que se refere à divisão dos royalties oriundos da indústria petrolífera. “A intenção é garantir para os municípios produtores os recursos atualmente repassados para cidades que pouca participação têm na produção e, mesmo assim, recebem elevadas somas em royalties, que deveriam ser destinadas aos municípios produtores”.

Representando Aguilar Jr., o presidente da Câmara de Caraguatatuba, o vereador Tato Aguilar,  endossou o discurso de Augusto, focando no mercado de gás, do qual Caraguatatuba é grande produtora. “Estaremos sempre cobrando as autoridades competentes no caso, pois não é justo Caraguá ter uma participação no recebimento dos royalties como outros municípios que não são produtores e não sofrem o impacto que já foi causado em nossa cidade. Luto pelo interesse da população. São investimentos que poderiam ser feitos em Caraguatatuba”.

A defesa dos interesses dos membros da Abramt já está sendo discutida há anos no Poder Judiciário. As disputas judiciais recaem principalmente sobre os recursos destinados aos municípios que possuem os chamados city gates (unidades de redistribuição em linhas de petróleo e derivados), que quase nenhum impacto têm em relação ao que ocorre com os municípios que possuem parques industriais petrolíferos, como é o caso de São Sebastião, e terminais de gás, como é o caso de Caraguatatuba.

 

 

Últimas Notícias