Rodovia Rio-Santos é abordada por pré-candidatos | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Política

Rodovia Rio-Santos é abordada por pré-candidatos


18 de julho de 2016 às 10:43
Por Costa Norte

*Foto: Divulgação

Em 2014, o governo do estado anunciou que, no primeiro semestre de 2015, iniciariam as obras do projeto de melhorias e duplicação da rodovia Rio-Santos, entretanto, elas ainda estão distantes de se tornar realidade, conforme anunciado pelo próprio Departamento de Estradas de Rodagens (DER). Enquanto isso, os congestionamentos na temporada e outros problemas na via devem permanecer à espera de uma solução.

Os pré-candidatos a prefeito de Bertioga, que atenderam ao convite para apresentar suas propostas no quadro Eleições 2016, do noticiário Costa Norte Notícias, comentaram as dificuldades relacionadas à rodovia e o atraso para o início das obras.

Antonio Rodrigues Filho (DEM) disse ter estado com deputados da legenda, na condição de vereador, para tratar do tema e reforçar o pedido para início do projeto. Enquanto as obras não saem do papel, o pré-candidato afirmou que, se fosse prefeito, implantaria iluminação nos trevos que, segundo ele, é de competência do DER, mas, “eles não vão fazer e, se nós do município, não fizermos alguma coisa para a nossa população, mesmo que não seja de nossa competência, nós estaremos esperando o quê? A insegurança, acidentes, e nossos munícipes sendo assaltados à noite nos trevos para irem para suas residências”.

Já Caio Arias Matheus (PSDB) afirmou ter participado, na condição de vereador, das discussões do projeto de melhorias junto ao DER e pôde opinar, como engenheiro e morador, sobre os locais que merecem passagens inferiores, aumento de capacidade e duplicação de vias. Sobre o atraso, ele ressaltou: “O que é necessário é melhorar a gestão, o entrosamento do governo municipal com o governo estadual, mostrar que é prioritário o aumento de capacidade e de obras de melhorias no trecho que compreende de Bertioga até São Sebastião”.

Na opinião de Jorge Elias Mahtuk (PT), é necessário adotar uma medida mais enérgica: “Os nossos políticos da região devem também fazer pressão contra o governador, certo? Não adianta só pôr no papel e não trazer resultados. Coisas dos outros têm que apertar a fazer atitudes locais, interromper o trânsito, porque aí a turma vai chiar. Ninguém gosta de estar em uma estrada e pegar congestionamento. Vai se aborrecer. Então, é dar canseira. É um modo público de às vezes exigir seus direitos”.

A falta de segurança e de infraestrutura na rodovia foram destacadas pelo pré-candidato Kaled Ali El Malat (PSDC). “O Vista Linda, por exemplo, não tem iluminação pública. Ele é dividido de ponta a ponta, a rodovia Rio-Santos - a Padre Manoel da Nóbrega-, por um muro que, aquilo para mim, mais causa acidente do que qualquer outra coisa. Não tem segurança nenhuma para as nossas crianças da Vista Linda atravessarem a rodovia, não tem uma sinalização. É um total descaso do governo do estado”. Ele afirmou que, caso seja prefeito, buscará reforços junto a deputados federais e estaduais e, inclusive, ingressará com ação judicial para solucionar o problema na cidade.

As respostas dos pré-candidatos podem ser conferidas, na íntegra, no site www.costanorte.com.br ou canal do YouTube (tvcostanorte48). O quadro é transmitido no telejornal, que vai ao ar de segunda a sexta-feira a partir das 17h40, pelos canais 48 UHF e 15 NET, na Riviera de São Lourenço. A transmissão é disponível em tempo real pelo site do Sistema Costa Norte.

Últimas Notícias