“Salvar a natureza, valorizar o homem” | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Opinião

“Salvar a natureza, valorizar o homem”


06 de fevereiro de 2018 às 15:01
Por Válter Suman
Foto: Válter Suman

“Salvar a natureza, valorizar o homem” (Jaime Dayge)

 *Válter Suman

A transposição do rio Itapanhaú, em Bertioga, é um projeto do governo do estado de São Paulo, que pretende bombear 216 milhões de litros de água por dia, 10% da vazão do rio, para o reservatório de Biritiba Mirim, que integra o sistema Alto Tietê, que abastece a Região Metropolitana de São Paulo. Uma pauta, até aqui, discutida quase que exclusivamente por técnicos e ambientalistas, mas que começa a mobilizar a opinião pública da região, através de manifestações, da imprensa e pelas redes sociais contra a obra.

O enfrentamento se justifica.  No começo de janeiro, a Cetesb aprovou a licença prévia para realização das obras pela Sabesp, que foi ratificada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), mas sem estudos e análises realizados com os devidos rigores dos efeitos dessa transposição sobre as unidades de conservação atingidas, conforme argumenta a  promotora Almachia Zwarg Acerbi, do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), de Santos, em Ação Civil Pública que pede a proibição da obra.

A prefeitura de Guarujá reconhece a importância do empreendimento para garantir o suprimento de água para a capital, mas compartilha com o Gaema que isso seja feito com critério e com base em estudos que, efetivamente, permitam a avaliação dos impactos que poderão prejudicar  os nossos manguezais, nossa fauna e a nossa flora, visto que as nossas áreas de preservação ambiental, notadamente a reserva ecológica da Serra do Guararú, são contíguas ao rio Itapanhaú e, portanto, suscetíveis aos danos ambientais causados pela transposição.

Guarujá quer ser ouvida no processo e, nestes termos, estamos elaborando, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a Carta de Guarujá, documento que, soberanamente, será entregue ao governador, embasando tecnicamente o nosso posicionamento frente ao projeto e inspirado no lema da administração de um dos homens públicos mais admiráveis da história desta cidade, o ex-prefeito Jayme Daige: “Salvar a Natureza. Valorizar o Homem.”

 

*Válter Suman, prefeito do município de Guarujá.

 

Últimas Notícias